AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturas e desacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


quarta-feira, 22 de maio de 2019

SEM PAPAS NA LÍNGUA A construção da "geringonça" ainda me confunde.



SEM PAPAS NA LÍNGUA

A construção da "geringonça" ainda me confunde.
"deus" visitou e fornicou Maria que já não era virgem pois praticava o coito com o carpinteiro das sandálias. daí nasceu um feto.

Sabemos que tudo isto é mentira, mas a geringonça foi verdade e teve um filho que ninguém já sabe dele, a esse filho poderemos chamar-lhe "os direitos recuperados".
Foi bom, foi uma forte estocada nos fascistas do "pafismo" afastando-os do poder

Os sacerdotes do socialismo na gaveta, os Pilatos, os Herodes nunca se preocuparam com o feto. A única ambição que tinham e têm, era, é, a ocupação do trono.

Cedo, muito cedo, após o nascimento dos "direitos recuperados" começaram a açoitá-lo pela calada, a envenená-lo sub repticiamente e depois à luz do dia sem qualquer pejo ou vergonha

Viveram-se alguns tempos(poucos) em que uma pequena luz iluminou os optimistas, a mim não, que optimismo não faz parte das minhas moléculas quando se trata de acreditar no PS.

Nunca confiei, nunca confiarei e sou dos que têm opinião que os comunistas devem acentuar a luta de massas e continuar o combate, cada vez mais, clarificando a sua posição, na defesa dos trabalhadores, sem estes atrasos e desilusões, com os bem apelidados de "xuxas".

Sei que há quem não concorde comigo mas eu penso assim e isso não interfere na minha ideologia, não me diminui em nada (ANTES PELO CONTRÁRIO) e continuo fiel aos meus princípios e ombreando na luta com meus camaradas comunistas e com outros que sejam anti fascistas e honestos.

Na minha pessoa não há desvios, não há segredos, não há algo que me possam apontar no combate ao fascismo, ao capitalismo, ao imperialismo que travo antes do 25 de Abril até ao dia de hoje.

António Garrochinho

Sem comentários: