AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturas e desacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

FOI NA TVI24 Arménio Carlos é um orador brilhante, parece estar em excelente forma, conhece os números de trás para a frente e aos olhos fechados, possui uma capacidade argumentativa extraordinária.



Guilherme Antunes in facebook

FOI NA TVI24
Arménio Carlos é um orador brilhante, parece estar em excelente forma, conhece os números de trás para a frente e aos olhos fechados, possui uma capacidade argumentativa extraordinária.
Impossível para um trabalhador consciente, não estar de acordo com ele quando desmistifica, admiravelmente, que é claro que há dinheiro; nunca ele faltou à burguesia e ao patronato, com especial carinho para a banca predadora da comezaina insaciável. A sua distribuição é o cerne do problema vital da oferta capitalista (que nada dá e tudo retira).
Aliás, a sua argucia interpretativa dos meandros da gestão do grande capital comandado pelo P”S”, é de tal modo vanguardista que, se no final da entrevista televisiva de hoje, ele responde, não obstante a onda grevista a que assistimos, ter valido a pena a compreensão demonstrada com o governo, logo remata, fulminante, que quanto à questão central da vida dos trabalhadores (o seu salário), não tem havido nenhuma evolução, mas sim, há uma recessão como há muito não se via.
Deveriam ter em conta estas palavras, todo o macacal cassetizado e enlevado de “esquerdice” social-democratizante de apoio entusiasmado a esta quadrilha do P”S”. Não é por nada, é que ofende a inteligência dos que seriamente se batem contra o capitalismo.
Assim como assim, entre uma leitura do CM e visualização de um jogo do Benfica, sempre podem dar uma vista de olhos nos textos de Eugénio Rosa, enquanto não o excomungarem.

Sem comentários: