AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturas e desacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


terça-feira, 28 de agosto de 2018

Criador da cerveja Rapada e mulher morrem na A1.







www.cmjornal.pt

Rui Nunes Figueiredo, um dos proprietários da cerveja artesanal Rapada, e a mulher, Alexandra Nunes, são duas das três vítimas mortais do acidente que aconteceu esta segunda-feira, na A1, na Mealhada. 

Desta colisão ficaram ainda outras seis pessoas em estado grave.


O empresário e dono daquela cerveja artesanal era natural de Santo António do Alva, no concelho de Oliveira do Hospital. Rui co-fundou a "Rapada" em dezembro de 2014.


O nome que Rui decidiu dar a esta "sua" cerveja surgiu como homenagem à povoação de Santo António do Alva, anteriormente conhecida como Rapada.


Uma das outras vítimas mortais foi a mulher de Rui Figueiredo. Alexandra Nunes, era empresária na área dos produtos de flor de sal na região de Aveiro.
Alexandra tinha 42 anos e era natural de Coimbra, mas residia com Rui em Aveiro.


Ambos regressavam da Fatacil - Feira de Artesanato, Turismo, Agricultura, Comércio e Indústria de Lagoa - quando o acidente se deu.

Autarca elogia empreendedor

Mal teve conhecimento do acidente, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, sublinhou a "muita dinâmica" de Rui e lembrou, em declarações à Centro TV, que ele "venceu o concurso Empreender + que o município organiza, para novas ideias de negócio, com o projeto da cerveja artesanal Rapada".


"Eram pessoas muito estimadas pelas pessoas da terra e quero apresentar as minhas sentidas condolências às suas famílias", acrescentou o autarca.


O reconhecimento do casal na comunidade não é obra do acaso. Ambos estiveram envolvidos em várias iniciativas de apoio às vítimas dos incêndios do ano passado. Também as atividades empresariais levaram ao contacto com muita gente. 

Disso é testemunha as imagens publicadas nas redes sociais com gente do mundo da televisão, do espetáculo ou da política como o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.
Acidente aconteceu na A1 na zona da Mealhada

acidente  que vitimou o casal Nunes matou também o motorista de um camião envolvido no aparatoso despiste que aconteceu na A1 junto à Mealhada.


Sem comentários: