AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturas e desacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


sexta-feira, 31 de agosto de 2018

A RAÇA ARIANA





historiadomundo.uol.com.br



O termo “raça ariana” teve seu auge no século XIX até a metade do século XX, um termo que foi utilizado amplamente pelo Partido Nazista da Alemanha.
Este termo foi utilizado pela primeira vez pelo diplomata e escritor francês conde Arthur de Gobineu (1806-1882), segundo Gobineu, baseado na teoria de Friedrich von Schlegel, existia no antigo um povo, os arianos, que originaram-se na Ásia Central, migrando para o sul e para o oeste, chegando à Europa e a alguns territórios que hoje estão o Afeganistão, a Índia e o Irã.
Para Gabineu, todos os povos europeus de raça “pura” branca eram descendentes do antigo povo ariano, o povo ariano – palavra que significa “nobre” – seria o ápice da civilização.
Adolf Hitler retomou este conceito proposto por Gobineu para justificar sua política de extermínio dos Judeus e povos não-arianos.
O ápice do extermínio foi durante a Segunda Guerra Mundial, onde médicos e cientistas nazistas chegaram a tirar medidas de alemães e macacos para comparar com outras “raças” humanas e mostrar para a população alemã que a raça ariana era realmente superior, pois tinham menos semelhanças que os primatas do que as demais raças.
Segundo cientistas atuais, esta superioridade da raça ariana foi comprovada que não é verdadeira, ou seja, é falsa.
Ela foi utilizada apenas para induzir a população alemã que realmente eles eram superiores e justificar suas medidas de extermínio.
















































pt.slideshare.net

3 comentários:

Macau Antigo disse...

Um teste à sua cultura:

Era uma vez na Europa um país que outorgou que a maioria dos seus nacionais era uma raça superior, dando-lhe o direito de aniquilar as outras etnias.

Actualmente no médio oriente há um estado-religião que outorgou que a maioria dos seus habitantes e crentes não habitantes o povo eleito por Deus, dando-lhe o direito de massacrar os seus vizinhos.

Qual os países que respectivamente nos referimos.

A: Espanha e Irão.
B: Itália e Síria.
C: Alemanha e Israel.

Quem acertar tem direito a uma licenciatura de aviário tipo Relvas, cujo diploma lhe será enviado para o seu domicilio. Parabens.

Adérito

Antonio Garrochinho disse...

Obrigado pelo comentário ! obviamente a resposta será a correspondente aquele país que tem na bandeira a estrela de
David. Quanto à licenciatura do famigerado Relvas, A ÚNICA EM QUE É LICENCIADO É NA ALDRABICE E NA VIGARICE ! acertei ?

Aderito disse...

Na muche. Abraço.