AVISO

OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturasedesacatos"

domingo, 10 de junho de 2018

POESIA DOS ESCRAVOS EM LAMA






POESIA DOS ESCRAVOS EM LAMA

ai ! se eu pudesse vergar a mola
ou mesmo voltar aos tempos de escola
eu, o que seria hoje ?
não sei ! talvez pior, melhor, do que sou
pois no tempo que passa, que passou
dos sapatos já nem tenho a sola
ai ! se eu pudesse domesticar o coiro
por qualquer feitiço, amor, ou agoiro
que seria hoje de mim
talvez enterrado em vala comum
sem nome, sem valor algum
ou quem sabe jogador da bola
traficante de marfim
ai ! se eu pudesse parar, avançar, o tempo
mudá-lo a qualquer momento
ser vampiro, lobisomem
talvez ainda não saciado
quisesse ainda ter roubado
o pão que outros não comem
ai ! seu eu pudesse
se o mundo fosse justo, quisesse
quem mandava era eu
queimava todas as divindades
inventava novas "verdades"
tal como o "livro" se escreveu
agora, no fim do meu sonho
muitas vezes me envergonho
de me terem parido, posto aqui
pois não encontro verdade
e mesmo amante da liberdade
só traição, grilhões, eu vivi

António Garrochinho

Sem comentários:

Enviar um comentário