AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturasedesacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


sábado, 2 de junho de 2018

Matutando





Quem se faz de doido, de desentendido e de vítima, jamais será capaz de assumir os seus erros, de se responsabilizar pelos seus actos, de se colocar honestamente no lugar de alguém.
Tentar fazê-los ver para além de seu umbigo por vezes é inútil mas há quem nunca desista de ser frontal.
Cabe a cada um o combate a estas espécimes com que todos os dias nos encalhamos e que sabemos perniciosos e limitadores da liberdade, da justiça, de uma vida melhor.
Concordo que há muitas estratégias saudáveis para melhorar a nossa vida e a dos nossos companheiro(a)s e camaradas, as do nosso povo, só que não alinho com as promessas daqueles horizontes inatingíveis, aqueles objectivos que vão ficando sempre mais longe, única e simplesmente porque não lutamos, não agimos, fazemos pouco ou nada para mudar o que nos faz mal, para transformar o que no fundo sabemos que só é possível com o confronto com quem nos explora, nos fere, nos mente, nos rouba .


António Garrochinho

Sem comentários:

Enviar um comentário