AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturasedesacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


quinta-feira, 14 de junho de 2018

Como eliminar a cola instantânea de praticamente qualquer coisa (inclusive dos olhos)

Todos já utilizamos alguma vez "essa maldita cola", cianoacrilato, mais conhecida no Brasil pela marca Super Bonder, e se há uma verdade (quase) universal é que "a única coisa que a cola instantânea adere instantaneamente são os dedos". Depois, pior, passamos horas futucando, comendo e, de alguma forma, tentando retirar aquela camada endurecida na pele da ponta dos dedos. Como demônios podemos descolar?


Como eliminar a cola instantânea de praticamente qualquer coisa (inclusive dos olhos)
Primeiro vejamos a composição da super-cola: em realidade trata-se de cianoacrilato, um conjunto de substâncias usadas como adesivos ultra rápidos. Dita substância é a utilizada como fórmula para elaborar as conhecidas colas instantâneas.

A substância foi descoberta originalmente em 1942 pelo professor Harry Coover. O homem estava trabalhando com materiais plásticos para fabricar miras telescópicas transparentes para colocar nos fuzis utilizados pelos soldados aliados na Segunda Guerra Mundial. Uma formulação em particular não funcionou como o pensava, mas sim se transformou em um adesivo extremamente rápido.
Como eliminar a cola instantânea de praticamente qualquer coisa (inclusive dos olhos)
Cautela e caldo de galinha não...
Surpreendentemente, e apesar do potencial do produto para ser colocado à venda, Harry abandonou a fórmula. Nove anos mais tarde, em 1951, e agora trabalhando para a Kodak, ele foi o supervisor de um projeto que buscava desenvolver um polímero de acrilato resistente ao calor. Ali percebeu o grande potencial de um produto que colaria rapidamente uma grande variedade de materiais e só precisava um pouco de água para ser ativado.

A cola finalmente foi lançada no mercado em 1958 por Eastman Kodak e chamava-se Eastman, ainda que mais tarde rebatizaram como "Super Glue".

Em essência e desde então, o que a gente compra é o cianoacrilato, um adesivo monocomponente. Que funde em poucos segundos através de pequenas quantidades de água, que pode vir da umidade ambiente. No entanto, o excesso de água -devido a uma possível alta umidade ambiental ou na superfícies das peças- pode estragar dita união.
Como descolar a super-cola?
Como eliminar a cola instantânea de praticamente qualquer coisa (inclusive dos olhos)
No caso de que esta cola tão potente cole e tenhamos errado o lugar, como podemos nos desfazer do cianoacrilato? Uma das fórmulas mais conhecidas consiste em utilizar a acetona, o mesmo produto usado para retirar o esmalte das unhas. Por exemplo, se você colar algum dedo (ou dois), aplicamos uma pequena quantidade no extremo de uma bolinha de algodão diretamente à cola que deverá dissolver a união sem danificar a pele.
Como eliminar a cola instantânea de praticamente qualquer coisa (inclusive dos olhos)
No entanto, nem sempre é a melhor ideia, já que a acetona pode danificar e descolorir certas superfícies -sobretudo alguns tipos de tela-. Segundo a própria companhia de Super Glue, em realidade podemos usar água quente ou morna para sair de um momento "pegajoso".



No caso da tela ou de um tecido devemos usar acetona e uma escova de dentes para não causar danos à superfície. Aplicar pequenas doses de acetona para suavizar a cola e depois escovar para fazer o resto. Mas se por alguma razão a cola chegar aos lábios, a companhia também tem uma solução para a retirada da seguinte forma:
Se os lábios colarem acidentalmente, aplique uma quantidade generosa de água morna e tente umedecer a área com a pressão de saliva pelo área interior da boca. Trate de estimular os lábios (não separá-los violentamente). É quase impossível engolir o adesivo como um líquido. O adesivo se solidifica ao contato com a saliva (umidade) e pode aderir no interior da boca. A saliva eliminará o adesivo em 1 ou 2 dias, evite engolir o adesivo após o desprendimento.
Como eliminar a cola instantânea de praticamente qualquer coisa (inclusive dos olhos)
E se acontecer nas pálpebras? Sim, há muita mais gente que teve a má sorte de acabar com cola instantânea no olho com a posterior perda de visão. Nesse caso recomendam o seguinte:

VÍDEO

No caso que as pálpebras estejam coladas ou unidas ao globo ocular, lave com água morna e aplique um pedaço de gaze. O olho se abrirá por completo sem ter que realizar mais ações dentro de 1 a 4 dias. Até onde sabemos, nunca houve um caso documentado de adesivo no olho que tenha causado dano permanente.
Inclusive se cair no interior do olho, a companhia também explica que aderirá à proteína do globo ocular e desassociará dela com o tempo, pelo geral em algumas horas, quando, sim, poderemos experimentar períodos de pranto, visão dupla e pânico.

Em qualquer caso, e como eles mesmos recomendam, ante qualquer incidente ocular com cianoacrilato o melhor é procura assistência médica.

Bônus: você pode transformar a super-cola em uma hiper-mega-super-tera-cola. Como? Basta aspergir imediatamente uma pequena quantidade de bicarbonato de sódio à união, que ai sim irá secar instantaneamente e aumentará o poder de fixação, inclusive com a possibilidade de mais de uma camada da mistura.


VÍDEO



Fonte: Super Glue.



https://www.mdig.com.br

Sem comentários:

Enviar um comentário