AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturasedesacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


domingo, 27 de maio de 2018

Vitória esmagadora para a .despenalização do aborto na Irlanda



Os resultados oficiais da consulta popular de ontem na Irlanda foram divulgados esta tarde: no referendo à reversão de uma das mais restritivas leis de aborto, o “sim” venceu com 66,4% a favor da mudança e 33,6% a votar pela manutenção das restrições.
 .


Após a divulgação dos resultados o primeiro-ministro, Leo Varadkar, descrevendo o momento como o culminar de uma “revolução silenciosa que ocorreu nas últimas décadas” num país onde apenas era possível interromper uma gravidez se houvesse um grave risco para a vida da mãe. “Já chega de viagens solitárias para o outro lado do Mar da Irlanda”, acrescentou.

A participação no referendo foi um recorde – 64,5%, mais do que no referendo anterior, ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, em que venceu o “sim”. Os eleitores mais jovens votaram esmagadoramente a favor do fim da proibição constitucional do aborto, registando-se uma maioria incontestável em todas as faixas etárias abaixo de 65 anos. Segundo a sondagem divulgada ontem, 87% das pessoas entre 18 e 24 anos votaram pela revogação. A sondagem revelou também que 70% das mulheres votaram a favor da despenalização do aborto. Entre os homens a percentagem é de 65%.

http://geringonca.com


Sem comentários:

Enviar um comentário