sábado, 26 de maio de 2018

MATUTANDO


MATUTANDO
Por favor, inventem por aí mais uma temática fracturante mesmo que seja só para botar palavra, arranjar alguns ódios disfarçados e outros bastante acentuados, uma temática fracturante mesmo que seja só para debitar um ror de asneiras conservadoras, agitando a bandeira da revolta que se tem dentro de nós mas que é perigosa quando se solta.
Quando se solta e não é conivente com a opinião dos deuses omnipotentes e omnipresentes.
Esqueçam ! e não venham por aí os maldosos, os congelados, dizer que é preciso pôr na fogueira as outras formas de entender e dizer, já que isso é utopia esquerdista, opinião precipitada, é preciso medir tudo milímetro a milímetro para que o povo, sim o povo ! seja reconhecido no que sente.
Nós somos tudo mas não podemos sentir nada !
Sou comunista, marxista, leninista, stalinista, e estou com todos os que lutaram e lutam para se livrar da canga que sufoca e por vezes interrogo-me se numa vida inteira de luta, sempre no lado que escolhi e não me arrependo, interrogo-me sobre o que me falta !



António Garrochinho

Sem comentários: