AVISO

OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturasedesacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


quinta-feira, 17 de maio de 2018

Defesa e promoção da Paz no Algarve


defesa e promocao da paz no algarve 1 20180516 1353736307
O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) promoveu, em parceria com diversas entidades, um diversificado programa de ações de educação para a paz e de cultura da paz, no Algarve, durante os dias 9 e 10 de Maio, envolvendo centenas de pessoas, em que participaram Ilda Figueiredo, presidente da direcção do CPPC, Sofia Costa do núcleo local do CPPC e Isa Martins do SPZS.
As iniciativas incluíram, na área da educação para a paz, debates com jovens e professores da Escola Secundária Dr.ª Laura Ayres, em Quarteira, da Escola Secundária de Loulé e da Escola Secundária Tomás Cabreira, em Faro e com pais e encarregados de educação, na Casa da 1.ª Infância, em Loulé.
Na área da cultura para a Paz merece especial destaque a sessão cultural «Sons, Cores e palavras pela Paz», no Club Farense, em Faro, em que participaram a Associação Consoante o Motivo, alunos do curso de Teatro da Escola Secundária Tomás Cabreira, que cantaram e leram poemas, os músicos Luís Galrito e António Hilário, o Grupo Coral II Capítulo, a artista plástica Dina Dias, do coletivo da PAS - Peace and Art Society, que pintou uma tela enquanto decorria a iniciativa e que no final a ofereceu ao CPPC.
A sessão no Club Farense foi apresentada por Sofia Costa, Ilda Figueiredo interveio destacando o papel do CPPC ao longo de dezenas de anos e dando particular importância à preocupante evolução da situação internacional no momento em que se comemoram os 73 anos do fim da Segunda Guerra Mundial, destacando a campanha contra as armas nucleares, a exigência da dissolução da NATO e a solidariedade com a Palestina, a Síria e outros povos do Médio Oriente vítimas de ingerências externas e agressões, por parte dos EUA, Israel, Arábia Saudita, países da União Europeia e seus aliados.
Por último, merece também destaque a assinatura de um novo protocolo do CPPC com a Câmara Municipal de Silves, pelas respectivas presidentes, a que se seguiu a apresentação, pela Presidente da CM de Silves, Rosa Palma, do selos de Silves pela Paz e de uma palestra proferida por Ilda Figueiredo, no salão nobre da CMS.
Paralelamente às iniciativas distribuíram-se documentos do CPPC, designadamente o boletim Notícias da Paz, e recolheram-se assinaturas para a petição pela subscrição e ratificação, por parte de Portugal, do Tratado de Proibição de Armas Nucleares, aprovado no âmbito das Nações Unidas por 122 países.
A petição também está disponível em http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=nao-armas-nucleares

www.cppc.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário