AVISO

OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturasedesacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


domingo, 27 de maio de 2018

CAPACHOS : poesia de António Garrochinho



NESTA DEMOCRACIA BURGUESA
QUE SÓ MERDA NOS PÕE NA MESA
DA FALTA DE VERGONHA ME EXTIRPO
CADA UM COLHE O QUE SEMEIA
E JÁ É MAIOR QUE A ALDEIA
O ELENCO DOS PALHAÇOS, O CIRCO

NO POVO MONTARAM O ARRAIAL
QUAIS SERPENTES DO MUNDO ANIMAL
DEVORANDO INCAUTOS E COVARDES
ATACANDO FEROZES, DE SURPRESA
OS BICHOS DA ESPÉCIME BURGUESA
GOVERNAM TRAIÇOEIROS, SEM ALARDES

POBRES VÍTIMAS OS QUE TÊM FÉ
E QUE NA MESA DO CAFÉ
SÃO HERÓIS, SÃO SABEDORES
DEPOIS SÃO CARPIDEIRAS
CAPACHOS, SERRAPILHEIRAS
ENROLADOS NAS SUAS DORES


António Garrochinho

Sem comentários:

Enviar um comentário