AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturas e desacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


sexta-feira, 27 de abril de 2018

Loulé lança ciclo de oficinas para ensinar a arte tradicional da sapataria


A Câmara de Loulé vai promover um ciclo de oficinas dedicadas à confeção artesanal de calçado, nos meses de Maio e Junho.
O ciclo de oficinas será ministrado pelo jovem sapateiro Fernando Augusto Gonçalves, em quatro módulos independentes, com a duração de 8 horas cada, que terão lugar aos sábados, entre as 10h00 e as 19h00, no Convento Espírito Santo, em Loulé.
No dia 5 de Maio decorrerá uma oficina de sapateiro, seguindo-se uma oficina de fabrico artesanal de sapatos (26 de Maio), uma oficina de reparação, adaptação e transformação de sapatos (2 de Junho) e uma oficina de correaria e marroquinaria (23 de Junho).
Esta é mais uma iniciativa realizada no âmbito do projeto “Loulé Criativo”, que tem vindo a trabalhar na reativação e revitalização de um conjunto de artes e ofícios que marcam a identidade local.
«É com base na importância que o ofício de sapateiro desempenhou na história da cidade e do concelho de Loulé, que o “Loulé Criativo” vem propor este ciclo de workshops com o objetivo de potenciar a transmissão de conhecimentos e técnicas básicas utilizadas ancestralmente pelos sapateiros na construção artesanal de calçado», descreveu a Câmara de Loulé.
As formações dirigem-se a maiores de 16 anos que estejam interessados em aprender, de forma introdutória, as bases do ofício de sapateiro e do fabrico artesanal de calçado, não sendo exigida experiência prévia.
A participação nas oficinas custa 20 euros, «ficando a cargo dos formandos apenas o custo das matérias-primas», já que os demais encargos serão suportados pela Câmara de Loulé.
A inscrição nestas oficinas poderá ser feita individualmente ou em conjunto, sendo necessário inscrição módulo a módulo, o que poderá ser feito no site do “Loulé Criativo”. Mais informações podem ser obtidas através do número 289 400 894 e do email loulecriativo@cm-loule.pt. As vagas são limitadas e as inscrições decorem até 2 dias antes da data de realização de cada oficina.

www.sulinformacao.pt

Sem comentários: