AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturas e desacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


sábado, 28 de abril de 2018

As sombras de Nagasaki

As sombras de Nagasaki

Imagem de autor desconhecido.
Três dias antes, em 6 de agosto de 1945, Hiroshima fora a primeira cidade no mundo a conhecer os efeitos perversos de uma arma de destruição em massa. Nagasaki teve o mesmo destino de Hiroshima.
Visando finalmente testar os efeitos de uma bomba atômica e forçar o Japão a se render ao final da Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos limaram a vida de 240 mil civis japoneses em apenas dois dias, com intervalo de três dias entre um e outro ataque.

Milhares de pessoas morreram nos dias, semanas e anos seguintes em decorrência dos efeitos das bombas. Porém, instantaneamente, morreram de 60 a 80 mil em Hiroshima e em Nagasaki, 40 mil pessoas desapareceram. Os únicos rastros que essas últimas deixaram ficaram registrados nas sombras de Nagasaki, que até hoje contam silenciosamente a história daquele dia.

Abaixo estão algumas fotos que trazem a memória daqueles cujas últimas lembranças, agora, estão registradas no chão e nas paredes da cidade.
Imagem de autor desconhecido.
Imagem de autor desconhecido.
Imagem de autor desconhecido
Imagem de autor desconhecido.
Imagem de autor desconhecido.
A EQUIPE DO MUSEU DE IMAGENS BUSCOU INFORMAÇÕES PARA CREDITAR A(S) IMAGEM(NS). ENTRETANTO, NADA FOI ENCONTRADO. CASO SAIBAM, POR GENTILEZA, AVISEM-NOS: CONTATO@MUSEUDEIMAGENS.COM.BR



28 anos, formada em Economia, paulista de nascença e sulista por opção, é apaixonada pela liberdade de viver e fazer o que tiver vontade. Exatamente por isso, sonha um dia poder viver de espalhar o conhecimento a quantas pessoas puder. Atua como administradora, criadora de conteúdos no site.

fotosemfonte.blogspot.pt



Sem comentários: