AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturas e desacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


segunda-feira, 30 de abril de 2018

*A verdade nunca é dita...!*





Até há quatro ou cinco dias, os comentadeiros e jornaleiros de serviço diziam e repetiam sem descanso que o agente-duplo Skripal, e a sua filha, tinha sido envenenados pelos russos com agentes nervosos Novichok.
A reaccionária inglesa T. May, fez "fitas" e mais "fitas", expulsou embaixadores, mandou vir embaixadores, chamou e "rechamou" criminoso ao governo russo, gritou, berrou e difamou tudo e todos conforme quis. Na sequência disto vários países da EU seguiram-lhe o exemplo "porque há que ser-se solidário com os amigos" e "a Rússia tinha que pagar pelo crime..."!
Foram dadas voltas e mais voltas, testes e mais testes e, nem o laboratório militar de Porton Down nem a Organização para a Proibição de Armas Químicas, conseguiram identificar o agente químico responsável pelo envenenamento.
Entretanto o caso deu uma reviravolta e o Laboratório Spiez (Suíço), de referência mundial, provou que, o veneno que quase matou os Skripal foi o BZ, que não é, nem nunca foi, fabricado na Rússia. Ou seja, todo o crime foi cometido com base no BZ, que é produzido nos EUA e no Reino Unido e que é disponibilizado para os países da OTAN (em inglês NATO).c
Perante esta "cambalhota" do caso Skripal, os comentadeiros e jornaleiros, que tanto tinham rosnado e envenenado os ouvintes, "puseram a viola no saco" e nunca mais falaram no caso. Se estes lacaios do poder instalado fossem minimamente honestos, teriam vindo a público repôr a verdade e informar sobre a nova descoberta... mas também... quem é que disse que eles são honestos?
Como diz o cantor: "Dói-me o corpo, dói-me a alma, dói-me o ego, dói-me tudo..."

Ana Sara Cruz in facebook


Sem comentários: