AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


quarta-feira, 12 de abril de 2017

VEJA O VÍDEO - O QUE ESTE RAPAZ FAZ COM A VOZ É IMPRESSIONANTE


The Prayer é o título da famosa canção originalmente gravada pela cantora canadense Celine Dion em dueto com o tenor italiano Andrea Bocelli. Marcelito Pomoy é o "cara" que se atreveu a cantar a música emulando a voz dos dois intérpretes, isto é, conseguiu algo realmente difícil: cantar tanto a parte feminina da canção como soprano assim como a masculina como tenor. Ele foi o vencedor da 2ª edição do popular programa Got Talent das Filipinas em 2011 e hoje é um cantor de relativo sucesso.

Depois de passar uma dura infância separado de seus pais biológicos, em sua adolescência deu-se conta de que era capaz de cantar tanto os tons altos como os baixos de uma canção, algo realmente complicado para um homem. Não perca sua apresentação no estúdio de uma FM em seu país que te deixará sem dúvida com a boca aberta, incrivelmente surpreendente o que é capaz de fazer este rapaz!

VÍDEO
www.mdig.com.br

JARDINS




Certamente todos eles valem uma visita. Confira!

10) The Garden of Cosmic Speculation, Reino Unido
O Jardim da Especulação Cósmica

Situado em Dumfries, no sudoeste da Escócia, este curioso jardim chamado de “The Garden of Cosmic Speculation [O Jardim da Especulação Cósmica]” foi desenhado seguindo diversos conceitos científicos e matemáticos, como buracos negros ou fractais, composto de 40 áreas principais, jardins, pontes, acidentes geográficos, esculturas, terraços e diferentes obras arquitetônicas.

Foi criado em 1989 por Charles Jencks e se distancia do paisagismo tradicional para não agradar apenas aos olhos, mas para provocar a reflexão sobre a natureza de todas as coisas; uma das esculturas que está no jardim representa a estrutura do DNA, enquanto um pequeno monte, chamado de “O Caracol”, permite aos visitantes interagirem, enquanto jogam, com a sequência de Fibonacci.






9) Jardim Fairchild Tropical Botanic, Florida - Estados Unidos

O local é muito bem cuidado e tem como objetivo o estudo e a preservação de espécies animais e plantas tropicais. São cerca de 1.500 palmeiras e mais de 3.500 espécies de plantas, várias delas ameaçadas de extinção.

Fazer um passeio por esse jardim botânico é ideal para quem quer entender melhor sobre diversas espécies de plantas e aprender como foi a adaptação delas na Flórida, pois muitas espécies não são da região. O lugar oferece um tour guiado em um carrinho, onde o guia passa por diversas áreas do parque explicando sobre as plantas, as árvores e seu modo de vida. Também são oferecidos tours a pé, onde se pode conhecer mais a fundo as espécies lá preservadas.



8) Jardins de Versailles, França


O Palácio de Versalhes [em francês: Château de Versailles] é um castelo real localizado na cidade de Versalhes, que foi uma aldeia rural à época da sua construção, mas que atualmente é um subúrbio de Paris e simbolizava o poder da família real francesa. Essa bela estrutura arquitetônica ainda conta com seus magníficos jardins, que foram desenhados por Le Nôtre e se tornaram referências mundo afora desde o Século XVII.





7) Jardim Yuyuan, China



O Yu Yuan Garden foi criado em 1500 por um funcionário do governo, como refúgio para seus pais. Yu Yuan significa “paz e conforto” e, apesar da fama da atração, os jardins ainda são um santuário sereno.



6) Kew Gardens, em Londres


O Kew Gardens possui 132 hectares e é considerado uma visita obrigatória para quem gosta de jardins e plantas. Além da beleza natural, o Jardim Botânico Real se destaca quando o assunto é história e desenvolvimento do paisagismo e pesquisa científica da flora mundial.

O acervo de plantas é dos maiores do mundo, contando com mais de 27 mil espécies, entre elas 14 mil árvores e uma coleção de orquídeas que já celebrou 200 anos, em jardins e estufas que reproduzem vários habitats do mundo.





5) Desert Botanical Garden, Arizona - Estados Unidos


Estabelecido no mesmo local desde 1939, esse jardim agora conta com mais de 21.000 plantas, sendo que quase 1/3 são de plantas nativas da área, incluindo 139 espécies raras, ameaças dou em perigo.

Destacam-se as ricas coleções de agave e cactos, especialmente a subunidade Opuntia. As plantas de condições climáticas menos extremas são protegidas sob abrigos. Concentra-se em plantas adaptadas às condições do deserto, incluindo uma coleção australiana, uma coleção da Baja California e uma coleção sul-americana. Vários ecossistemas estão representados: um bosque de mesquite, pastagem semideserta e chaparral de planalto.




4) Jardins Butchart, Canadá


Os Jardins de Butchart são um grupo de jardins em Brentwood Bay, Colúmbia Britânica, Canadá, perto de Victoria. É uma atração turística internacionalmente conhecida que recebe centenas de milhares de visitantes por ano. Entretenimento e serviço alimentar de alta qualidade complementam os meticulosamente mantidos jardins.

O local oferece completa infra-estrutura para os visitantes poderem passar todo o dia a contemplar a beleza das flores e espécies vegetais ali existentes. São mais de 700 espécies e mais de um milhão de plantas que florescem durante todo o ano.





3) Majorelle, Marrocos


O Jardim botânico de Majorelle foi inspirado nos jardins islâmicos e está situado no centro de Marrakesh, no Marrocos. E por aqui também funciona o museu da cultura berbere. Ocupa cerca de um hectare a noroeste da almedina e alberga cerca de 3.000 espécies botânicas.

O nome deve-se ao seu fundador, o pintor francês Jacques Majorelle [1886–1962], que o criou em 1931. Comprado por Yves Saint Laurent e Pierre Bergé em 1980, atualmente pertence à Fundação Jardim Majorelle, subsidiária da Fundação Pierre Bergé – Yves Saint Laurent. A casa situada no interior está classificado como "Casas dos Ilustres" [Maison des Illustres] pelo Ministério da Cultura francês desde 2011.







2) Keukenhof Garden, Holanda


O mais famoso parque de flores da Holanda é muito bem sinalizado, de forma que é possível passar um dia todo por lá. Possui restaurantes, cafés e barraquinhas que vendem vários tipos de comida espalhados por quase toda a área. A criançada também se diverte bastante, pois no local também há uma mini-fazenda, playground, além de um moinho típico holandês onde é possível subir e admirar a paisagem dos campos de flores.






1) Suan Nong Nooch, Tailândia


O Suan Nong Nooch é um dos mais belos jardins botânicos da Ásia e possui um visual realmente incrível, oferecendo inclusive uma boa lista de atrações, como safari de elefantes e shows culturais. Está localizado próximo de Bangkok, na Tailândia.










tudorocha.blogspot.pt