NOTA


Os textos assinados por outrem ou retirados de outros blogs ou sítios não reflectem necessáriamente a opinião ou posição do editor do "desenvolturasedesacatos"

segunda-feira, 10 de julho de 2017

quem acorrenta

quem acorrenta as asas da ave que voa
amordaça a palavra que soa
acorrenta o homem e a mulher
a metáfora da liberdade só não chega
é livre quem quer, não o que arremeda
se assim o íntegro, o humano, o quiser
António Garrochinho

Sem comentários:

Enviar um comentário