domingo, 30 de julho de 2017

Nem muito à terra, nem muito ao mar


Em tempos tive (tenho) um "amigo" que se dizia de esquerda e que tinha alguns pontos comuns com a minha maneira de pensar para além de como eu ter andado a penar na guerra colonial.
Não o afastei, continuo disponível a publicar os seus pensamentos e textos no meu blog mas não estou na disposição de trabalhar para ele exclusivamente durante as horas em que faço publicações.
Digo isto porque o meu amigo decidiu manifestar o seu desacordo dizendo que eu não lhe passo cartão e não publico tudo o que ele escreve.
A VERDADE É ESTA ! se eu fosse publicar tudo o que o meu amigo escreve, e ele escreve muito, eu não teria tempo algum para publicar o que eu escrevo e o que outros amigos escrevem.
Sejamos justos ! todos nos temos que unir e ajudar mas não podemos abusar. Quem quiser opinar sózinho embora diga muita coisa acertada, o melhor que tem a fazer é arranjar o seu próprio espaço de divulgação e não exigir que outros se calem e não tenham eles o espaço que criaram também com o intuito de divulgar ideias e acontecimentos do nosso mundo.
Estamos entendidos !?
AG

Sem comentários:

Enviar um comentário