NOTA


Os textos assinados por outrem ou retirados de outros blogs ou sítios não reflectem necessáriamente a opinião ou posição do editor do "desenvolturasedesacatos"

domingo, 2 de julho de 2017

MATUTANDO


ESTE VÍCIO, ESTA MODERNIDADE DE NÃO DISCUTIR A VIDA.

QUEREMOS VIVER DE QUALQUER MANEIRA ESPERANDO MILAGRES E NADA FAZENDO PARA COLMATAR OS MALES, AS INJUSTIÇAS, AS ABISSAIS DIFERENÇAS ENTRE EXPLORADOS E EXPLORADORES.
NÃO NOS PREOCUPAMOS COM OS FINS NEM COM OS PRINCÍPIOS, OS VALORES ANDAM PELAS RUAS DA MERDA.

RESOLVEMOS OS NOSSOS PROBLEMAS COM A ALIENAÇÃO DO FUTEBOL ENTRE UMAS RODELAS DE CHOURIÇA E UM JARRO DE TINTO.

A VIDA SÃO SÓ DOIS DIAS E O CARNAVAL TRÊS.

CHORAMOS, QUAL CARPIDEIRAS MANIETADAS PELOS DISCURSOS DOS POLÍTICOS QUE NÃO SE CANSAM DE ENCOMENDAR CORTEJOS FÚNEBRES PARA ALIMENTAR A NOSSA FÉ, O FADO, A SINA, EMFIM A NOSSA DESGRAÇA, E AS NOSSAS CRENÇAS.

A CULPA É SEMPRE NOSSA, SOMOS CULPADOS DA NOSSA DESGRAÇA, DO DESEMPREGO, DA POBREZA, GASTAMOS DEMAIS.

SOMOS PARVOS Q.B.

António Garrochinho

Sem comentários:

Enviar um comentário