NOTA


Os textos assinados por outrem ou retirados de outros blogs ou sítios não reflectem necessáriamente a opinião ou posição do editor do "desenvolturasedesacatos"

quarta-feira, 19 de julho de 2017

“Eu sou o vosso chefe”


 
À vrai direos generais franceses se se mirarem no espelho da história recente não merecem melhor.
O imperador Macron, estadista fabricado pelo Bilderberg e com apoios, como p. ex. o “democrata” Trump e o serial killer de Israel, referências de peso em que se apoia, pôs o generais em sentido:
“Eu sou o vosso chefe”
E os generais engoliram a espada en marche!
«Je suis votre chef. Les engagements que je prends devant nos concitoyens, et devant nos armées, je sais les tenir. Je n’ai à cet égard besoin de nulle pression et de nul commentaire.»
Não sei a que propósito, mas lembrei-me que abriu um lupanar com prostitutas fabricadas em matéria semelhante ao do corpo humano, apetrechadas com sensores que reagem como qualquer trabalhadora do sexo, inclusivamente com orgasmo o que nem todas as melhores profissionais conseguem.
O menosprezo que as mais altas figuras políticas nutrem pelos que os rodeiam manifestou-se também em França, quando François de Rugy, presidente de Assembleia Nacional foi apanhado pelo microfone inadvertidamente aberto comentando a tomada da palavra de um deputado comunista:
«Putain, il est chiant lui»
Não sei se estas personagens, tal como as prostitutas, estão a ser fabricadas com materiais sintéticos, e que nós disso ainda não nos tivéssemos apercebido, mas que o comportamento é poluidor, não há qualquer dúvida.


Este artigo encontra-se em: as palavras são armas http://bit.ly/2tDcqk3

abrildenovomagazine.wordpress.com

Sem comentários:

Enviar um comentário