AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


sábado, 8 de julho de 2017

ESPECIAL - HAMBURGO - MANIFESTAÇÕES ANTI GLOBALIZAÇÃO - 11 VÍDEOS



Após a segunda noite de protestos violentos, na manhã de sábado as ruas de Hamburgo revelaram o caos que se viveu na cidade alemã que recebe a cimeira do G20.
Pelo menos 197 polícias foram feridos na sequência de confrontos com manifestantes antiglobalização durante os dois dias de protestos, informaram as autoridades alemãs.
O departamento de bombeiros da cidade adiantou, sexta-feira, que as ambulâncias transportaram 60 pessoas para os hospitais da cidade, incluindo 11 feridos graves, pessoas que caíram de um muro quando fugiam da polícia antimotim.
As autoridades policiais da cidade também informaram ter detido várias dezenas de pessoas.
Muitas ruas do centro da cidade foram bloqueadas pelos ativistas, que sabotaram linhas do caminho de ferro e atearam fogo a bens particulares e mobiliário urbano.
Durante cerca de 4 horas algumas partes da cidade transformaram-se numa espécie de “Estado sem lei” e houve forças de segurança que foram obrigadas a fugir de manifestantes violentos.
Desde quinta-feira que a polícia e os manifestantes têm estado envolvidos em confrontos. Milhares de ativistas têm chegado a Hamburgo para protestar contra a globalização, aproveitando a realização da cimeira do G20 que reúne as economias mais desenvolvidas e as potências emergentes.

VÍDEOS

video




























Sem comentários:

Enviar um comentário