NOTA


Os textos assinados por outrem ou retirados de outros blogs ou sítios não reflectem necessáriamente a opinião ou posição do editor do "desenvolturasedesacatos"

quarta-feira, 19 de julho de 2017

A isenção e o pluralismo dos canais públicos


A RTP continua com uma informação tendenciosa disfarçada de pluralismo . O noticiário económico,  internacional e nacional continua a servir o PSD e o CDS e os interesses do império .
A RDP segue o mesmo caminho. Ouça-se os comentadores matinais. Anteriormente era muito mais claro . Os partidos com representação na AR tinham o seu comentador num dia da semana. Não enganavam ninguém Com o modelo actual temos comentadores disfarçados de  não partidários mas objectivamente a expressar a ideologia de quadrantes inegavelmente partidários . Que critérios presidiram à sua escolha ?
A área do PCP por exemplo não esta representada ? E , no entanto , alguns dos comentadores  já por várias vezes teceram comentários ao PCP sem que este partido tivesse direito de resposta. Uma vergonha .
O “bloco central das negociatas” continua a liderar os canais públicos pagos por todos nos . Até quando?
Este artigo encontra-se em: FOICEBOOK http://bit.ly/2uA0TGE




abrildenovomagazine.wordpress.com

Sem comentários:

Enviar um comentário