AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


sábado, 1 de julho de 2017

A HISTÓRIA DA RÁDIO EM DATAS





1896
Bolonha. Marconi consegue comunicar com sucesso, por ondas electromagnéticas, a uma distância de 3 Km.
cronol_002
1897
6 de Dezembro. Transmissão de sinais radiotelegráficos entre navio e costa, a uma distância de 18 milhas.

1901
Março. Primeiras experiências de telegrafia sem fios em Portugal, realizadas pelo Capitão Severo da Cunha do Regimento de Engenharia. É emitido um parecer que conduz à primeira regulamentação da TSF no País.
23 de Maio. Decreto que define como monopólio do Estado (…) o estabelecimento e exploração dos sistemas de telegrafia eléctrica, classificados como ‘”telegrafia sem fios condutores, telegrafia hertziana, telegrafia etérica'” ou semelhantemente, destinadas a permutação rápida de correspondência.
11 de Dezembro. Marconi estabelece com sucesso a primeira transmissão radiotelegráfica transatlântica.

1902
15 de Março. O Ministério da Marinha e a Direcção Geral dos Correios e Telégrafos realizam experiências radiotelegráficas a bordo do cruzador D. Carlos.

1903
Poulsen desenvolve o arco eléctrico.

1904
Ambrose Fleming desenvolve o díodo, válvula de dois eléctrodos que permite a transmissão da voz por rádio.
cronol_003
1906
Patente do Audion, válvula de 3 eléctrodos desenvolvida por Lee DeForest. Permite amplificar o sinal e aumentar a capacidade de transmissão, tendo lançado as bases da electrónica.
Fessenden transmite música e voz via rádio pela primeira vez.

1908
Introdução do sistema de onda contínua, desenvolvido até 1914.

1910
5 de Outubro. Implantação da República em Portugal.

1914
Primeiras experiências radiofónicas em Portugal, com a “Rádio Hertz” de Fernando Gardelho Medeiros
28 de Junho. Início da I Guerra Mundial.

1916
Marconi inicia experiências de transmissão com ondas curtas.
9 de Março. Declaração de guerra da Alemanha a Portugal.

1917
Início das transmissões do emissor CT1AB, o primeiro posto a obter licença de TSF.

1918
O engenheiro norte-americano Edwin Armstrong inventa o super-heterodino, com maior sensibilidade aos sinais fracos e maior selectividade de sintonia.
11 de Novembro. Fim da I Guerra Mundial.
cronol_018
1919
Primeira experiência oficial de transmissão radiotelefónica em Portugal, entre o posto da Marinha, em Monsanto, e o navio Douro, a cerca de 300 km de distância.
Primeira emissão de radiodifusão, com horário e programação, a partir da Universidade do Wisconsin, nos EUA.

1921
Primeiros ensaios de transmissão por onda curta entre a América do Norte e Inglaterra.
São atribuídas as primeiras licenças para estabelecimento de estações emissoras de radiodifusão na América do Norte.

1922
18 de Outubro. É criada a BBC (British Broadcasting Company), formada por vários fabricantes de equipamento radioeléctrico. As primeiras emissões têm lugar no estúdio da Marconi, em Londres.
cronol_001_01
1923
Setembro. José Celestino Soares funda a Rádio Academia de Portugal, associação de amadores de TSF com carácter científico.

1924
Iniciam-se emissões regulares de rádio em Portugal, através da Rádio Lisboa (P1AA, também conhecida por PIM-Rádio), a partir dos Armazéns do Chiado.
Primeiro número da revista A TSF em Portugal.
Criação da Sociedade Portuguesa de Amadores de TSF (extinta em 1925).
Fevereiro. A partir da estação de Londres, retransmite-se pela primeira vez um concerto da estação americana de Pittsburgh.

1925
Abílio Nunes dos Santos, fundador da Rádio Lisboa, instala um novo emissor, a Rádio Portugal (CT1AA).
Introdução do altifalante em substituição dos auscultadores nos receptores radiofónicos, alterando os hábitos de escuta.
7 de Maio. Encerramento de cinco emissores de TSF em Lisboa por ordem da Administração Geral dos Correios e Telégrafos. São reabertos no mês seguinte depois de vários protestos.

1926
Iniciam-se emissões em onda curta para as colónias portuguesas, através da Rádio Colonial, criada por Abílio Nunes dos Santos.
28 de Maio. Fim da I República. Ditadura Militar.
Dezembro. É criada a Rede dos Emissores Portugueses, presidida por Eugénio de Avilez.
cronol_014
1928
Por iniciativa do capitão Botelho Moniz, é criado um pequeno emissor, o CT1DY, que deu origem ao Rádio Club da Costa do Sol.

1929
Primeiro número da Rádio Ciência (1929-1935).

1930
27 de Janeiro. A Administração Geral dos Correios e Telégrafos é encarregada de abrir concurso para a aquisição de duas estações de radiodifusão.
29 de Janeiro. O decreto n.º17 899, confere ao Estado o monopólio (…) dos serviços de radiotelegrafia, radiotelefonia, radiodifusão, radiotelevisão e outros que venham a ser descobertos e que se relacionem com a radioelectricidade (…) e cria o Conselho de Radioelectricidade.
26 de Fevereiro. Regulamentação do Conselho de Radioelectricidade.
7 de Outubro. O Conselho de Radioelectricidade aprova as bases do concurso para fornecimento e instalação de estações de radiodifusão em Lisboa e no Porto.

1931
Comercialização dos primeiros receptores de rádio com o nome das estações no quadrante.
22 de Novembro. Criação do Rádio Clube Português, resultante da fusão do Rádio Club de Portugal e do Rádio Club da Costa do Sol. Inicia-se a profissionalização da rádio em Portugal.

1932
É lançado pela Blaupunkt o primeiro auto-rádio da Europa.
A União Internacional de Telecomunicações é criada a partir da fusão da União Telegráfica Internacional e a União Radiotelegráfica Internacional.
Maio. I Congresso Nacional de Radiotelefonia, promovido pelo jornal O Século.

1933
Criação da Direcção dos Serviços Radioeléctricos, na dependência da Administração Geral dos Correios e Telégrafos.
Entre as suas funções destaca-se a orientação, exploração, instalação e funcionamento das Estações Nacionais de Radiodifusão.
11 de Abril. Entra em vigor a Constituição Política da República Portuguesa.
29 de Junho. Decreto que organiza os serviços radioeléctricos e estúdios da Emissora Nacional. Define-se o pagamento obrigatório de uma taxa de contribuição por todos os proprietários de emissores ou receptores radioeléctricos. O Conselho de Radioelectricidade é extinto, sendo criada a Direcção dos Serviços Radioeléctricos, dependente da AGCT.

1934
Abril. Emissões experimentais da Emissora Nacional.
Junho. É criada a Orquestra Sinfónica da Emissora Nacional, dirigida pelo Maestro Pedro de Freitas Branco.
cronol_004
1935
A AEG Telefunken apresenta o Magnetofone, para gravação em fita magnética.
Descoberta da Modulação de Frequência (FM) por Edwin Armstrong.
Janeiro. O CT1HZ transmite pela primeira vez um jogo de futebol em Portugal durante o encontro entre a Associação Académica de Coimbra e o União de Coimbra
1 de Março. Aprovação dos estatutos da União Internacional de Radiodifusão.
1 de Agosto. Início das emissões oficiais da Emissora Nacional.
4 de Agosto. Inauguração oficial da Emissora Nacional.
cronol_019
1936
A Emissora Nacional inicia as gravações em disco.
No contexto da Guerra Civil de Espanha, é construído na Ajuda um posto para empastelamento (interferência) das redes rádio.
Jogos Olímpicos de Berlim. Primeira emissão de televisão e primeira cobertura em directo de um evento desportivo.
Primeiras emissões experimentais da Rádio Renascença.
cronol_007
1937
O emissor de onda curta da Emissora Nacional, em Barcarena, é reforçado de 2kW para 10kW.
3 de Agosto. Lei n. 1 959. Promulga as bases da reorganização dos serviços dos correios, telégrafos e telefones. A Administração Geral dos Correios e Telégrafos passa a designar se Administração-Geral dos Correios, Telégrafos e Telefones (CTT).

1938
29 de Setembro. Encerramento da CT1AA-Rádio Colonial.
cronol_005
1939
1 de Setembro. Início da Segunda Guerra Mundial.
A notícia da invasão da Polónia pelas tropas alemãs é transmitida pela Emissora Nacional.

1940
14 de Setembro. Plano de Radiodifusão Nacional. Os serviços da Emissora Nacional são reorganizados e autonomizados dos CTT.

1941
É inaugurado o Emissor Regional de Ponta Delgada, Açores.
Início das transmissões da Emissora Nacional em português para os EUA e Brasil.
cronol_012
1943
Entra em funcionamento o emissor de onda média da EN em Castanheira do Ribatejo.

1944
A Emissora Nacional é colocada na dependência do SPN/SNI.

1945
Novo emissor de onda curta da EN, em Barcarena.
Início da autonomização do Programa 2 (actual Antena 2), em sequência da separação de emissores.
8 de Maio. Fim da Segunda Guerra Mundial.
8 de Outubro. Constituição do Movimento de Unidade Democrática (MUD).

1947
Junho. Levantamento da proibição de funcionamento de emissores radioamadores.
cronol_014
1948
Invenção do transístor, desenvolvido nos laboratórios Bell, permitindo a miniaturização da tecnologia rádio e o aumento da potência.

1950
Primeira emissão da Rádio Universidade, a partir da qual foram formados vários locutores da EN.
12 de Fevereiro. É criada a União Europeia de Radiodifusão.
Maio. Inauguração dos Serviços de Intercâmbio da Emissora Nacional.
Julho. Construção dos estúdios da Emissora Nacional nas instalações do IST para cobertura da conferência da NATO.
cronol_021
1953
Criação do Grupo de Estudos de Televisão no Gabinete de Estudos e Ensaios da Emissora Nacional) com vista ao estudo técnico e económico da instalação de um serviço de televisão em Portugal.
Invenção da antena cruzada MILLS, a primeira antena a utilizar processamento electrónico de sinal.

1954
O RCP inicia emissões em FM.
Primeira comercialização de rádios transistorizados, pela Regency, nos EUA.
Março. É inaugurado o Centro Emissor Ultramarino de Onda Curta de S. Gabriel, em Pegões.

1955
A Sony inicia a comercialização de rádios transistorizados.
Janeiro. É nomeada uma comissão de estudos para se pronunciar sobre a análise apresentada pelo Grupo de Estudos de televisão.

1957
18 de Fevereiro. A BBC inaugura os estúdios da Emissora Nacional, na R. de S. Marçal, por ocasião da visita da Rainha Isabel II.
7 de Março. Início das emissões regulares da Radiotelevisão Portuguesa.
6 de Outubro. Lançamento do SPUTNIK 1, primeiro satélite artificial.

1958
Os estúdios e serviços do RCP são instalados na Rua Sampaio e Pina. Aqui funcionavam os Serviços de Informação da RDP aquando da nacionalização desta emissora.
cronol_020
1961
As emissoras FM são autorizadas a emitir em estereofonia.
4 de Fevereiro. Plano radiofónico da Emissora Nacional permitindo a mobilização de repórteres para as operações militares em Angola.
15 de Março. Início da guerra colonial.
1 de Abril. Lançamento do primeiro satélite TIROS, de informação meteorológica. Foi o primeiro a transportar transmissores de TV e rádio.

1963
A Rádio Voz da Liberdade inicia emissões a partir de Argel.
Invenção da cassette de áudio pela Philips.
Fevereiro. Lançamento do SYNCOM II, primeiro satélite geoestacionário.
9 de Setembro. Os serviços de radiodifusão de Angola, até então na dependência dos serviços dos Correios e Telefones, passam para a dependência do Centro de Informação e Turismo.
cronol_023
1964
Primeiras rádios piratas europeias. A rádio inglesa Caroline terá sido a mais antiga da Europa.

1965
Retransmissor de FM de Portalegre.

1966
Instalação do Departamento Técnico da Emissora Nacional na Av. Eng. Duarte Pacheco.
Entram em funcionamento, em Pegões, quatro novos emissores de onda curta de 100kW.
Julho. I Encontro Internacional de Radioamadores, em Coimbra.

1967
As emissões da Rádio Universidade são transferidas para Lisboa 1.
13 de Maio. A visita do Papa Paulo VI a Fátima é coberta por transmissão radiofónica internacional.

1968
Janeiro. Primeiras emissões stereo em rede FM, a partir do emissor da EN em Lisboa.
cronol_22
1969
O emissor de S. Tomé e Príncipe entra em funcionamento.
Julho. A Rádio Clube de S. Tomé e a Emissora Oficial da Guiné são transformadas em estações regionais.

1972
Entra em funcionamento o Emissor da Guiné.

1973
Estudo de audiências radiofónicas.
Criação do Gabinete de Apoio à Informação da Emissora Nacional.

1974
A Marconi monta em Lisboa, Luanda e Lourenço Marques três estações terrenas de comunicações por satélite.
25 de Abril. Um grupo de militares ocupa os estúdios Rádio Clube Português em Lisboa durante a madrugada, transformando-o no “Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas”.
Às 4h26, Joaquim Furtado lê um comunicado: as Forças Armadas tinham saído para a rua. Iniciava-se a Revolução.
A Emissora Nacional é ocupada pelo Movimento das Forças Armadas.
cronol_025
1975
27 de Novembro. O Copcon ocupa as instalações da Emissora Nacional.
Dezembro. Nacionalização da rádio. É criada a Radiodifusão Portuguesa, Empresa Pública (RDP) que reúne várias emissoras, entre as quais a EN e o RCP.

1976
Criação da Antena 2, dedicada a programação cultural e música clássica.

1977
Alteração ao regulamento das Radiocomunicações de 1959. Liberalização da banda destinada à Frequência Modulada (FM), com alargamento do limite superior de banda FM para 180MHz. A decisão leva ao aumento do número de rádios piratas na Europa.
Primeiras rádios livres, ou rádios piratas, em Portugal: Rádios Juventude e Arremesso, em Lisboa, e Rádio Caos, no Porto.

1979
12 de Março. Por fusão dos canais 3 e 4 da RDP, é criada a Rádio Comercial.

1981
Março. Primeiro pedido de licenciamento da TSF Rádio Jornal.

1982
Novas estações piratas: Rádio Antena Livre (Abrantes), Rádio Universo (Vila Nova de Gaia), Rádio Nova (Porto), Rádio Livre Internacional (Lisboa, Coimbra) e Rádio Hertz (Tomar).
cronol_026
1984
Novos Estatutos da RDP.
17 de Junho. Primeiras emissões experimentais da TSF Rádio Jornal.

1985
Criação do Núcleo Especial de Produção jornalística na RDP.

1986
O projecto Eureka 147, consórcio de empresas criado pela União Europeia de Radiodifusão, implementa o DAB, um sistema digital com vista à substituição das emissões analógicas de FM.
1 de Janeiro. Portugal é formalmente membro da Comunidade Económica Europeia.

1987
O RDS (Radio Data System) passa a ser comercializado.
11 de Março. Lei-quadro de licenciamento de Estações Emissoras de Radiodifusão.
cronol_027
1988
Inicia-se a legalização das rádios pirata em Portugal.
Primeiros CDs.

1989
O concurso público para licenciamento das rádios piratas permite mais de 300 legalizações.
Última temporada das orquestras sinfónica e ligeira da RDP.

1992
14 de Maio. Inauguração do Museu da Rádio, em Lisboa.
cronol_029
1993
A Rádio Comercial é privatizada.

1994
10 de Janeiro. A RDP é transformada em Sociedade Anónima.
26 de Abril. Inauguração da Antena 3, destinada à promoção da música portuguesa.

1995
Criação da RDP África.

1996
Início do processo de digitalização da AM (Onda Média, Onda Longa e Onda Curta).
A RDP África inicia emissões regulares.
cronol_030
1998
Início do Projecto DAB – Digital Audio Broadcasting, permite disponibilizar o sistema de radiodifusão sonora digital, o primeiro do género em Portugal.

1999
A licença do projecto DAB é atribuída à RDP.

2000
A RDP integra a Portugal Global, SGPS, agrupamento dos meios de comunicação do Estado.

2003
Extinção da Portugal Global, SGPS em sequência da reestruturação do sector.
16 de Junho. Durante Conferência Mundial de Radiocomunicações, em Genebra, é realizada a primeira emissão em Digital Radio Mondiale.

2004
Reorganização dos meios de comunicação públicos, com a criação da Rádio e Televisão de Portugal, SGPS, agregando a RDP e RTP.
31 de Março. Nova sede da Rádio e Televisão de Portugal, na Av. Marechal Gomes da Costa.

2005
Maio. Definição da política comunitária para o encerramento das emissões analógicas de radiodifusão em todos os Estados-Membros.

2006
16 de Maio. A RDP lança a Rádio Antena 2, Mozart, em formato digital, assinalando os 250 anos da morte do compositor.
(Maio-Junho) Conferência Regional de Radiocomunicações da UIT. Plano internacional de frequências para a radiodifusão digital terrestre.

2007
Reestruturação da Rádio e Televisão de Portugal, SGPS, S.A., concessionária do serviço público de rádio e televisão, pelo Decreto-Lei nº 8/2007 de 14 de Fevereiro. Passa a denominar-se Rádio e Televisão de Portugal, S.A.

2008Criação da Antena 1, Rádio Rali, para  a cobertura  em directo do Rali de Portugal.
3 de Abril. Lançamento online da Rádio Lusitânia, pela RDP. É dedicada aos clássicos portugueses dos últimos 40 anos.
Junho/Julho. Criação online da Antena 1, Rádio Mundial e Antena 1, Rádio Europeu para acompanhar os campeonatos mundial e europeu com participação portuguesa. Assegurou novas emissões nos campeonatos de 2010, 2012 e 2014.
cronol_031
2009
Março. Inauguração do Museu Virtual da RTP.
Abril. A RDP lança online a Rádio Antena 2, Haydn, assinalando os 200 anos da morte do compositor.
Junho. Criação , online,  da Rádio Antena 1, Woodstock, assinalando os 40 anos do Festival Woodstock.

2010
Janeiro. 
É criada online a Rádio Antena 1, Vida, dedicada a aspectos sociais, emocionais e familiares.
Fevereiro. Criação, online, da Rádio Antena 2 Vivace, assinalando os 200 anos de Chopin e Schumman, e da Antena 1, Rádio República, em evocação do centenário da República.
Outubro. Lançamento online, como formato extensivo  da Antena 3, da Rádio Antena 3 Rock (diversas vertentes do Rock) e Antena 3 Dance (música eletrónica e dança).
Novembro. É criada online a Rádio Antena 2, Ópera, dedicada ao género teatral encenado com acompanhamento musical.

2011
Junho. A RDP lança online a Rádio Antena 1, Fado e a Rádio Antena 1, Ópera.
cronol_032

2012
Março. 
Criação do Antena 1, Rádio G12, canal online dedicado a Guimarães, Capital europeia da Cultura.

2013
Janeiro. Criação online da Antena 1, Memória, a propósito da exibição da série “Depois do Adeus” na RTP, reflectindo o ambiente sonoro do período pós-revolução.
Dezembro. É criada online a Antena 1, Rádio Nacional, dedicada à vaga de rock português nos anos 80, a propósito da exibição da série “Os Filhos do Rock” na RTP1.

2015
Junho. É criada online a Antena 3, SBSR, dedicada a música e entrevistas a bandas e artistas presentes no Festival SBSR.
Julho. Criação da Antena 1, Rádio 80, canal online que reúne conteúdos referentes à história da rádio, por ocasião dos 80 anos de rádio pública em Portugal.

media.rtp.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário