AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


segunda-feira, 3 de julho de 2017

03 de Julho de 1883: Nasce o escritor checo Franz Kafka,autor de "Processo", "América", "Metamorfose".


Escritor checo de ascendência judaica e expressão alemã, Franz Kafka nasceu no dia 3 de julho de 1883, em Praga, cidade que na época pertencia à monarquia austro-húngara. Filho de um abastado comerciante judeu, Kafka cresceu sob as influências de três culturas: a judaica, a checa e a alemã.

Estudou Direito durante alguns anos, mas em 1917 contraiu a doença que constituía naquela época, o flagelo da humanidade, -a tuberculose-, que o acompanhou sempre durante o resto da sua existência.

A sua obra literária é essencialmente composta por romances e contos. Como contista Kafka aproxima-se do Expressionismo, sem que, contudo possa ou deva ser enquadrado em qualquer movimento literário. O cunho do seu "mundo" é o homem angustiado, obrigado a viver uma vida absurda, paradoxal, o homem solitário moderno, na sua angústia constante sem remédio. Situações e cenas ambíguas e grotescas transformam-se em representações  de sonho e de visão que, fazem lembrar o Surrealismo, que Kafka grandemente influenciou. A profundidade e a riqueza das suas parábolas, dos seus símbolos e dos seus motivos têm provocado, todavia, múltiplas e diferentes apreciações respeitantes ao valor real da sua obra No entanto Kafka é geralmente considerado como o renovador do género épico narrativo contemporâneo de repercussão universal. 

A Metamorfose (1916) narra o caso de um homem que acorda transformado em gigantesco insecto; O Processo(1925) conta a história de um certo Josef K., julgado e condenado por um crime que ele mesmo ignora;  em O Castelo (1926), o agrimensor K. não consegue ter acesso aos senhores que o contrataram. Estas três obras-primas definem não apenas boa parte do que se conhece até hoje como "literatura moderna", mas o próprio caráter do século: "kafkiano".

Autor de várias coletâneas de contos, Kafka escreveu também a avassaladora Carta ao Pai (1919) e centenas de páginas de diários. Deixou inacabado o romance Amerika.

Morreu no dia 3 de junho de 1924, num sanatório perto de Viena, onde estava internado com tuberculose. Desde então, o seu legado -resgatado pelo amigo Max Brod- exerce enorme influência na literatura mundial.

Fontes: Franz Kafka. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2013. 
wikipedia (Imagens)

Ficheiro:Kafka1906.jpg
Fotografia de Franz Kafka  (1906)
Arquivo: De Kafka Brief an den Vater 001.jpg
Primeira página da Carta ao Pai de Franz Kafka

Sem comentários:

Enviar um comentário