AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


quinta-feira, 8 de junho de 2017

Xenofobia: Militantes arrecadam dinheiro para sabotar salvamentos de refugiados na Europa


Membros de um movimento anti-islâmico e anti-imigração intitulado ‘Identitarian’ teriam arrecadado mais de US$ 65 mil em menos de três semanas, com o objetivo de atacar barcos humanitários que estejam resgatando refugiados no mar Mediterrâneo.
No mês passado, um grupo de extrema-direita francês apoiou uma ação contra uma embarcação humanitária na região italiana da Sicília. Várias pessoas acabaram presas pela Guarda Costeira da Itália, que atuou em favor dos refugiados.
Edgard Raoul com criança refugiada desfalecida, na Ilha de Lesbos, na Grécia.


Segundo a ONU, 1.650 refugiados morreram em 2017 na tentativa de chegar à Europa. Mais de 6 mil pessoas já foram salvas em missões humanitárias de resgate no Mediterrâneo, de acordo com a mesma entidade, e pouco mais de 71 mil conseguiram entrar na Europa.
Entidades que atuam no salvamento de refugiados não esconderam a sua revolta. Ao diário britânico, um oficial que pediu para não ser identificado colocou a culpa nos políticos europeus, que ajudaram a criar o clima para que os seus militantes tomassem tal atitude.
Twitter
Siga Sputnik Brasil no Twitter e fique por dentro das notícias mundiais do momento.


br.sputniknews.com

Sem comentários:

Enviar um comentário