AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


quinta-feira, 22 de junho de 2017

Corpos em camião de transporte de alimentos

Viatura de transporte de cadáveres avariou e faltam câmaras no Instituto Nacional de Medicina Legal.


A maioria dos 64 cadáveres das vítimas do incêndio de Pedrógão Grande continua no interior de um camião-frigorífico concebido para transportar e conservar bens alimentícios, estacionado desde segunda-feira em frente ao Instituto Nacional de Medicina Legal (INML) no Largo da Sé Nova, em Coimbra. A Autoridade Nacional de Proteção Civil tem um camião destinado a cenários de catástrofe com muitas vítimas mortais, mas o mesmo sofreu uma avaria logo neste seu primeiro grande serviço. E, no interior na delegação de Coimbra do INML, não há câmaras frigoríficas para tantos corpos.

www.jn.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário