AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


quarta-feira, 7 de junho de 2017

AOS JUIZES DE PORTUGAL


Parece que um dos vossos "bobis" de toga, procurando alimento fácil que justifique a própria venda a retalho, querendo apresentar serviço, toca de aterrorizar o homem fraco, o cidadão sem esperança, o ser humano com fome. As hienas de toga atiraram-se-lhe ao pescoço e mandaram dar-lhe "tautau". Um nosso compatriota terá roubado comida no valor de 2,5€.
Juízes corruptos de um país “sem rei nem roque”, cobardes esfaimados do ciclo infernal da perseguição aos mais débeis destas classes sociais organizadas pelo capital e pela burguesia, para vergastar a “indigência” de quem não tem dinheiro para sobreviver, supremos cobardes da mão estendida na “quinta da marinha”, a vossa hora há-de chegar, diferente, espero eu, da dos vossos pais em 1974.
Bosta de juízes nacionais, vocês não toquem num cabelo, sequer, do Ricardo Salgado. De modo nenhum. Corruptos institucionais do julgamento de aparato, que nada aconteça de mal ao António Mexia. Em nenhuma circunstância.
Se isto é a justiça portuguesa (e é) eu sinto ASCO de todos vocês…cheios de fome na pança anafada, a comer à mão do dono.
Guilherme Antunes (facebook)

Sem comentários:

Enviar um comentário