AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


terça-feira, 6 de junho de 2017

ALGARVE EN 125 - Vem aí «mês ainda difícil» na EN125




Pedro Marques, ministro do Planeamento e das Infraestruturas, disse hoje que, devido às obras, este mês «ainda será difícil» para quem circula na EN125. Ainda assim, «o essencial» dos trabalhos estará concluído até 30 de Junho, garantiu o membro do Governo.
É que, até ao fim das obras, exige-se «de todos (populações, autoridades, de nós próprios e da concessionária) mais trabalho, atenção e cuidado», disse Pedro Marques, na cerimónia de início das obras na Ponte Internacional do Guadiana, realizada em Castro Marim.
«A EN125, que foi tendo intervenções dispersas, é muito importante na mobilidade do Algarve e está agora a ter uma forte concentração de obras que exigem atenção e paciência aos algarvios», acrescentou.
Segundo Pedro Marques, no final deste mês de Junho, as obras, «no essencial, estão concluídas» para, «precisamente no pico do Verão, a estrada estar com melhores condições de mobilidade e de segurança para as populações».
Quanto aos trabalhos que ainda faltam, «continua a ser nosso firme propósito lançar, até ao final deste ano, três ou quatro intervenções, que são mais urgentes, de Olhão até à fronteira», explicou.
Estas são, por exemplo, obras no atravessamento de Olhão, na ponte sobre o rio Almargem e na Praia Verde… mas só «após concluir a negociação com a concessionária», disse.
Nas últimas semanas, já é a segunda vez que o ministro Pedro Marques pede «paciência» aos algarvios, por causa das obras em curso na EN125.
www.sulinformacao.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário