NOTA


Os textos assinados por outrem ou retirados de outros blogs ou sítios não reflectem necessáriamente a opinião ou posição do editor do "desenvolturasedesacatos"

sexta-feira, 30 de junho de 2017

30 de Junho de 1487: É publicado o primeiro livro impresso em Portugal, o "Pentateuco"


O “Pentateuco” é considerado o primeiro livro impresso em Portugal. O único exemplar original conhecido  encontra-se na Biblioteca Bodleiana, na Universidade de Oxford. Trata-se do primeiro livro da Bíblia, uma narrativa desde a criação do Mundo, até à fixação do povo hebreu no Egipto, tendo sido, nesta primeira versão em Portugal, impressa em 110 fólios, com composição de 30 – 32 linhas. 

Foi concluído em 30 de Junho de 1487, na oficina de Samuel Gacon, editor judeu, que vivia em Faro, conhecido também por Samuel Porteiro, detentor de uma das primeiras oficinas tipográficas instaladas em Portugal. Desta obra religiosa, o único exemplar conhecido está guardado na British Library em Londres. Foi roubado em Portugal, aquando do saque à cidade de Faro, pelos ingleses, em 1596. (De recordar que, nessa data, Portugal fazia parte de Espanha).

Para a edição desta obra em hebraico, teria existido já o recurso a caracteres metálicos móveis. Estes caracteres hebraicos eram quadrados e elegantes, de dois tamanhos, sendo o maior usado no texto e o outro, mais largo, nas rúbricas. 

A tipografia hebraica portuguesa teve as suas origens na Itália, de onde os judeus a teriam trazido para Portugal. Há a notícia de que outros incunábulos foram possivelmente impressos em Portugal antes de 1487, mas cujo desaparecimento tornou impossível, até hoje, a confirmação de que são anteriores àquela data



Estão neste caso as chamadas "Obras de D.Pedro" a "Imitação de Cristo" e a "Cartilha" de D. Diogo Ortiz.

 

Sem comentários:

Enviar um comentário