NOTA


Os textos assinados por outrem ou retirados de outros blogs ou sítios não reflectem necessáriamente a opinião ou posição do editor do "desenvolturasedesacatos"

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Três chineses detidos na fronteira com 706 mil euros


Um cidadão chinês foi detido, esta quinta-feira, na fronteira do Caia, em Elvas, na posse de 266 mil euros, depois de a GNR anunciar a detenção de outros dois cidadãos de nacionalidade chinesa na posse de 480 mil euros.

Um cidadão de nacionalidade chinesa foi detido pela GNR na posse de 266 mil euros e a viatura em que seguia foi apreendida durante o controlo da fronteira do Caia que decorre no âmbito da "Operação Fronteira Branca".
No mesmo local, a GNR tinha anunciado a detenção de outros dois homens chineses, de 35 e 36 anos, pelo alegado crime de branqueamento de capitais, tendo na sua posse "cerca de 480 mil euros, em notas de 50, 100 e 500 euros", que foram apreendidos.
No âmbito da "Operação Fronteira Branca", por ocasião da visita do Papa a Portugal, foi reposto o controlo documental dos cidadãos nas fronteiras aéreas, marítimas e terrestres do país, até às 00 horas do próximo domingo.
Em três operações de combate ao branqueamento de capitais realizadas na fronteira do Caia em junho, setembro e novembro de 2016, a GNR deteve dois portugueses e um chinês e apreendeu 1082650 euros em numerário.

www.jn.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário