NOTA

OS TEXTOS ASSINADOS POR OUTRÉM OU RETIRADOS
DE OUTROS BLOGUES OU SÍTIOS NÃO REFLECTEM NECESSÁRIAMENTE
A OPINIÃO OU POSIÇÃO DO EDITOR DO "desenvolturasedesacatos"

quinta-feira, 18 de maio de 2017

SER CRIANÇA NO INÍCIO DO SÉCULO XX NÃO ERA NADA FÁCIL

Até finais do século XIX, a ideia de que as crianças tivessem algum tipo de direitos era praticamente inexistente. Uma das primeiras manifestações, neste sentido, foi a realizada por Kate Wiggin em "Children's Rights" em 1892, mas os pequenos tiveram que esperar até 1948, ano no qual a Organização das Nações Unidas aprovou a Declaração Universal dos Direitos Humanos, onde estes direitos foram reconhecidos de maneira detalhada e implícita.

Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 01
Mas devemos viajar a 1959, quando começaram a preparar uma nova declaração de direitos, específicos para as crianças, assinado em 1989 na Convenção sobre os Direitos das Crianças na ONU.
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 02
A maioria das crianças mostradas nestas fotos, salvo fossem filhos de pais abastados, trabalhavam em serviços gerais durante quatro horas, a cada dia, antes de ir à escola. Nos sábados seu horário de trabalho começava as 4 da manhã e prosseguia sem interrupção até o meio dia. No domingo, como ninguém é de ferro, descansavam.
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 03
Hoje, crianças mimadas exigem tênis e roupas de marca que custam os olhos da cara. Naquela época, a maioria pisava o chão e vestia roupas feitas de sacos. Muitas crianças andavam o dia todo descalço, sobretudo nas áreas rurais. Muitos foram conhecer o primeiro calçado quando já abandonavam a adolescência para entrar na idade adulta. Nas regiões de neve, as crianças tinham apenas um sapato que devia durar o ano todo.
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 04
Também não era incomum ver
crianças fumando, principalmente os jornaleiros que eram viciados e tinham o costume de ficar fumando em frente da porta da sucursal do jornal que distribuíam.
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 05
As opções de lazer eram poucas e quando existiam acabavam invadidas por adultos também ávidos em se divertir. Sorvete? Picolé? Nem pensar, nas épocas de calor os pequenos lambiam grandes blocos de gelo.
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 06
Alguns trabalhos eram muito duros e faziam mal a saúde e ao corpo. Era comum chegarem ao fim do dia com cortes nas mãos e dedos lacerados. Tudo isso para chegar ao fim do dia e receber al em torno de 60 centavos de dólar ao dia. Os donos de minas não pagavam um salários que permitisse às famílias viver acima do nível de pobreza.
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 07
O incrível é que com toda esta dureza, as crianças ainda guardavam candura alegria e disposição para brincar e correr atrás de uma bola.
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 08
O aspecto bacana de vermos fotos com conteúdo histórico como este é refletir que, apesar de alguns percalços e transtornos que tenhamos passado uma e oura vez em nossa infância, em comparação com estes garotos vivemos um paraíso.
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 09
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 10
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 11


Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 12
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 13
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 14
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 15
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 16


Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 17
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 18
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 19
Ser criança no início do Século XX não era nada fácil 20
Fonte: Shorpy.


www.mdig.com.br

Sem comentários:

Enviar um comentário