AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


quarta-feira, 3 de maio de 2017

População de Almeida não desiste da Caixa




Terminou cerca da meia noite a ocupação pacífica do balcão da Caixa Geral de Depósitos (CGD) em Almeida mas o protesto prossegue quinta feira.

Várias dezenas de habitantes e autarcas desta vila do distrito da Guarda decidiram desmobilizar após terem dado mais um dia à administração da CGD para que repense a decisão de encerrar o balcão local.

Os manifestantes marcaram novo protesto para quinta feira mas desta vez em Vilar Formoso para onde foram transferidas as suas contas.

O vice-presidente da autarquia Alberto Morgado apelou ao protesto contra a discriminação.

Responsáveis do banco público garantem que a instituição vai continuar a servir os cidadãos do concelho de Almeida, através do balcão de Vilar Formoso e mostram-se disponíveis para encontrar a melhor forma de servir a população em articulação com as autarquias locais.

Num comunicado emitido esta noite os responsáveis da Caixa explicam que em aberto está a possibilidade de abrir um ponto de apoio a instalar na Junta ou na autarquia de Almeida mas sem indicar qual será a solução.

som audio

video



www.rtp.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário