AVISO

OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturasedesacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá, obviamente, da minha aprovação que depende da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente, com a excepção dos que o sistema considere como SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam a apologia do racismo, xenofobia, homofobia ou do fascismo/nazismo.


quarta-feira, 3 de maio de 2017

População de Almeida não desiste da Caixa




Terminou cerca da meia noite a ocupação pacífica do balcão da Caixa Geral de Depósitos (CGD) em Almeida mas o protesto prossegue quinta feira.

Várias dezenas de habitantes e autarcas desta vila do distrito da Guarda decidiram desmobilizar após terem dado mais um dia à administração da CGD para que repense a decisão de encerrar o balcão local.

Os manifestantes marcaram novo protesto para quinta feira mas desta vez em Vilar Formoso para onde foram transferidas as suas contas.

O vice-presidente da autarquia Alberto Morgado apelou ao protesto contra a discriminação.

Responsáveis do banco público garantem que a instituição vai continuar a servir os cidadãos do concelho de Almeida, através do balcão de Vilar Formoso e mostram-se disponíveis para encontrar a melhor forma de servir a população em articulação com as autarquias locais.

Num comunicado emitido esta noite os responsáveis da Caixa explicam que em aberto está a possibilidade de abrir um ponto de apoio a instalar na Junta ou na autarquia de Almeida mas sem indicar qual será a solução.

som audio




www.rtp.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário