NOTA

OS TEXTOS ASSINADOS POR OUTRÉM OU RETIRADOS
DE OUTROS BLOGUES OU SÍTIOS NÃO REFLECTEM NECESSÁRIAMENTE
A OPINIÃO OU POSIÇÃO DO EDITOR DO "desenvolturasedesacatos"

sábado, 13 de maio de 2017

Pink Floyd mostra seus ‘restos mortais’ ao público em exposição pra celebrar os 50 anos do primeiro álbum da banda

Se hoje o Pink Floyd é uma das mais importantes e bem sucedidas bandas da história do rock – como um verdadeiro marco cultural do ocidente –, há 50 anos a banda iniciava essa história, em 1967, com seu primeiro compacto, Arnold Layne, e o lançamento do disco de estreia, The Pipers At The Gates of Dawn, ainda sob a regência do genial guitarrista e fundador da banda, Syd Barrett. 200 milhões de discos vendidos depois, a banda volta a trabalhar em conjunto para realizar uma exposição não só sobre sua história, mas sobre seus restos mortais.
O Pink Floyd em 1967, ainda com Syd Barrett (à frente) 
Em cartaz do dia 13 de maio até 01 de outubro de 2017 no museu Victoria & Albert, em Londres, The Pink Floyd Exhibition: Their Mortal Remains (A exposição do Pink Floyd: seus restos mortais) será, segundo o museu, “uma jornada audiovisual espetacular e sem paralelos pelos mundos extraordinários e únicos do Pink Floyd; através de sua música, estilo e das performances da banda, desde sua estreia nos anos 1960 até hoje”.

Pink Floyd

PinkFloydExpo1

PinkFloydExpo6

Nick Mason e Roger Waters na abertura da exposição


Sem dois dos seus membros fundadores – Syd Barrett, morto em 2006, que criou e liderou a banda desde seu início até 1968, quando se afundou na própria loucura e no LSD, e o tecladista Rick Wright, morto em 2008 – a exposição reúne, ainda que não em um palco, os membros remanescentes em um projeto, com o qual todos colaboraram e endossaram.

PinkFloydExpo5

A banda já com David Gilmour em sua formação, substituindo Barrett


Responsáveis não só por uma das mais fortes discografias da música contemporânea, o Pink Floyd também produziu uma coleção de imagens que se tornariam ícones culturais, como os porcos voadores, o prisma na capa do disco The Dark Side Of The Moon, a vaca da capa do disco Atom Heart Mother, os martelos marchando, e muito mais.
PinkFloydExpo2

Tudo isso será representado na exposição, que reúne os restos mortais de uma das bandas fundamentais dentro de um momento no tempo e em uma sonoridade que mudou a face da música popular para sempre.


PinkFloydExpo7

Nick Mason e o porco voador na entrada da exposição
© fotos: Getty Images/Divulgação 


www.hypeness.com.br

Sem comentários:

Enviar um comentário