AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


quarta-feira, 24 de maio de 2017

ONDE OS PATOS CAMINHAM POR CIMA DOS PEIXES

O reservatório de Pymatuning no condado de Crawford, no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos, foi uma vez um pântano muito grande. O Rio Shenango fluía através deste antigo pântano e fornecia sustento às indústrias localizadas a jusante nos vales de Beaver e Shenango. Mas quando uma inundação devastadora atingiu o vale em 1913, a necessidade de domar o rio foi considerada de forma premente.

01
O vertedouro de Linesville: onde os patos caminham sobre peixes 01
Via: Pinterest
Em 1934, uma represa e um reservatório foram construídos para conservar as águas que entram no pântano e para regular o fluxo da água nos rios Shenango e Beaver. Uma bacia de vertedouro de concreto também foi construída para permitir a regulação independente do reservatório superior. O fluxo de água sobre o reservatório traz um fornecimento constante de alimentos naturais na área, incluindo material vegetal, larvas de insetos, lagostins e outros invertebrados, atraindo um grande número de peixes para esta estrutura. Assim que este fenômeno foi descoberto, o vertedouro de Linesville tornou-se uma atração turística improvisada.

Milhares de carpas enormes se reúnem na borda do vertedouro contorcendo-se, com a boca aberta esperando para comer os pães que os turistas jogam na água. A frenética cena de alimentação foi descrita por alguns como "feia" e "temível". Porque, segundo dizem "Se você atirar uma criança ali, eles a comeriam".

Às vezes a quantidade de peixes é tão grande que os patos selvagens, competindo por um pedaço de comida, podem facilmente saltar e andar sobre as costas dos peixes para arrebatar uma fatia de pão. Esta cena fantástica tornou-se a base para a maior parte da indústria turística local.

O lema de Linesville, como visto nos sinais da entrada da cidade, é "Onde os patos caminham sobre os peixes." O departamento local de bombeiros voluntários e as autoridades de esgoto regional usam logotipos de um pato de pé na parte de trás de um peixe.

O ritual do pão está preocupando os ambientalistas porque o pão e outros itens alimentícios, como rosquinhas, bagels, pipoca e bolo que as pessoas jogam no vertedouro não são saudáveis ​​para os peixes. Em 2008, os oficiais quiseram banir a prática de jogar pão às carpas. No entanto, dado o valor cultural, histórico e turístico do vertedouro, a proibição não foi aplicada.

Hoje, o vertedouro de Linesville se orgulha de ser a segunda atração turística mais popular da Pensilvânia, depois do sinal da liberdade, trazendo mais de 500.000 visitantes todos os anos.
02
O vertedouro de Linesville: onde os patos caminham sobre peixes 02
Via: Frankmiklos
03
O vertedouro de Linesville: onde os patos caminham sobre peixes 03
Via: David Kanzeg
04
O vertedouro de Linesville: onde os patos caminham sobre peixes 04
Via: David Fulmer
05
O vertedouro de Linesville: onde os patos caminham sobre peixes 05
Via: David Fulmer
06
O vertedouro de Linesville: onde os patos caminham sobre peixes 06
Via: Julie Tedjeske
07
O vertedouro de Linesville: onde os patos caminham sobre peixes 07
Via: Leon Reed
08
O vertedouro de Linesville: onde os patos caminham sobre peixes 08
Via: Nick Prising
09
O vertedouro de Linesville: onde os patos caminham sobre peixes 09
Via: David Fulmer
10
O vertedouro de Linesville: onde os patos caminham sobre peixes 10
Via: Among the stately tree
11
O vertedouro de Linesville: onde os patos caminham sobre peixes 11
Via: PaBook
12

13
www.mdig.com.br

Sem comentários:

Enviar um comentário