NOTA

OS TEXTOS ASSINADOS POR OUTRÉM OU RETIRADOS
DE OUTROS BLOGUES OU SÍTIOS NÃO REFLECTEM NECESSÁRIAMENTE
A OPINIÃO OU POSIÇÃO DO EDITOR DO "desenvolturasedesacatos"

quinta-feira, 11 de maio de 2017

HUMOR - Outras considerações sobre O 25 DE ABRIL


abril.jpg
O 25 de Abril foi porreiro para que eu pudesse dizer disparates. Só por isso já valeu a pena. A meu ver, claro. Muitos dirão que mais valia estar calado. Uma opinião tão válida como as minhas. E é isso que ainda deixa muita gente aborrecida.

Não valorizamos o justo, mas quem fez o 25 de abril tinha uns tintins do tamanho de duas bolas de bilhar. Para mais, foram a caminho de Lisboa em chaimites. Um veículo discreto. Imaginem irem à festa de aniversário de um amigo, de cueca de lantejoulas e bota de bico, e esperarem que no caminho ninguém vos visse para ser surpresa.

Se não tivesse havido o 25 de abril e existisse facebook, só poderíamos ter três "amigos"...mais que isso seria uma conspiração.

O 25 de Abril foi O Dia da Liberdade, e o 25 de Abril de 2017, foi o dia de liberdade para Cavaco Silva. Foi a primeira vez desde há muitos anos que ficou livre de ter de comparecer nas comemorações desta data, que tanta urticária lhe provoca. Acho até que na terça-feira não abriu as janelas nem ligou a televisão para que o dia passasse rapidamente.
Suspeito que se Cavaco Silva não tivesse enveredado pela política, hoje seria taxista, a profissão onde o Oliveira é mais venerado.

A liberdade tem esta coisa gira que é permitir que quem não a aprecia (para os outros), o possa dizer.

Ps - Dizia uma senhora numa antena-aberta, que antes do 25 de abril não havia violência doméstica. Havia, só que não se sabia: não existia a CMTV. Ainda o marido não sabe que vai bater na mulher já a CMTV está em directo.


finalmentesouumgajodesempregado.blogs.sapo.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário