AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


quinta-feira, 25 de maio de 2017

AS VERDADES, OS PRÓS E OS CONTRAS


Claro que as verdades não enchem barriga a ninguém, antes pelo contrário levam a situações complicadas, às vezes drásticas.

É ESTE O CATECISMO DA SOCIEDADE MODERNA CONSUMISTA E MERAMENTE MATERIALISTA.

É este o mundo que temos onde toda a gente clama pela verdade mas não a pratica.

Não me deixam, não nos deixam, eu quero falar verdade mas tenho muita gente contra, o melhor é dizer só meias verdades, se digo a verdade fico desempregado, se digo a verdade arranjo inimigos.

ESTES SÃO OS ARGUMENTOS MAIS ESCUTADOS.

E então fica em cada casmurro, em cada personalidade teimosa a missão de agir ao contrário. Ou seja..já que ninguém diz a verdade, digo eu !

Depois é uma carrada de felicitações, de alento, de solidariedade e de promessas de luta que se recebem no electrónico, nas palavras à mesa do café, na chama que nos aquece quando em grupo demonstramos a nossa disponibilidade para agir, para derrubar os sacanas, os gatunos, os fachos.

Na meteorologia da vida sopram muitos ventos, os cálidos e secos, os ásperos da conversa sem rodeios, os húmidos do vinho e da cerveja que escorregam para as vísceras e sobem ao encefálico.

Nada que a estratégia burguesa e representativa não conheça e não tenha em stock o antídoto que vai anular todos estes vaipes momentâneos, a chantagem, a demagogia, a promessa.

Resistem à intoxicação os que nada têm a perder.

António Garrochinho

Sem comentários:

Enviar um comentário