AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


sábado, 20 de maio de 2017

ARMAS


ARMAR O POVO NÃO !
As armas devem estar nas mãos dos que apregoam a democracia, a igualdade de oportunidades e direitos, as armas devem estar nos sovacos dos guarda costas dos polícias à paisana, dos gangsters, dos exércitos mercenários que invadem outros povos e lhes roubam os recursos e a vida.
As armas já não estão nas mãos dos povos que se querem libertar, que defendem o seu território, a sua terra, esses são terroristas ! agora tudo é terrorista, tudo é equiparado ao Daesh, à Al Qaeda.
As armas devem estar nas mãos dos adolescentes que compram metralhadoras como quem compra uma pastilha elástica e se matam nas escolas, nas ruas, as armas estão em boas mãos quando estão nas mãos dos cartéis da droga e na mão dos polícias de choque que disparam e matam nas manifestações de trabalhadores desarmados que reivindicam o pão.
As armas estão em boas mãos quando servem o Estado ! esse nunca é terrorista, esse que manda os polícias e a tropa para cima dos manifestantes, esse Estado "democrático" onde cada ministro tem dúzias de guarda costas sedentos de distribuir porrada.
As armas servem para encher a conta bancária dos que as fabricam e espalham pelo mundo do crime.
ARMAR O POVO NÃO ! O povo não pode ter armas para se defender de quem o rouba e assassina ! dos monstros e das aberrações, dos ditadores, que o roubam e exploram ! no máximo pode consegui-las no mercado negro para se matar entre  si próprio.
António Garrochinho

Sem comentários:

Enviar um comentário