NOTA


Os textos assinados por outrem ou retirados de outros blogs ou sítios não reflectem necessáriamente a opinião ou posição do editor do "desenvolturasedesacatos"

sábado, 6 de maio de 2017

AQUI NÃO HÁ MEDIDAS DE AUSTERIDADE !? PORQUE NÃO FINANCIA O VATICANO AS VISITAS DO PAPA JÁ QUE SÃO ELES A COLHEREM OS LUCROS ? - Segurança com "os meios disponíveis e necessários"



Primeiro-ministro diz que polícias e militares "estão perfeitamente preparados" para proteger o Papa Francisco na visita a Portugal

Representantes das forças e serviços de segurança e das Forças Armadas explicaram na quinta-feira ao primeiro-ministro o esquema de segurança montado para proteger o Papa Francisco durante a sua estada em Portugal.
O chefe do governo, António Costa, disse ontem em Belas (Sintra), que a reunião coordenada pela secretária-geral do Sistema de Segurança Interna (SGSSI), Helena Fazenda, permitiu conhecer o dispositivo policial preparado - com o apoio das Forças Armadas - para garantir a segurança do Papa nos dias 12 e 13 deste mês.
"É com muita satisfação que pudemos verificar que as nossas Forças Armadas, que as nossas Forças e Serviços de Segurança estão perfeitamente preparados para a operação", afirmou António Costa aos jornalistas, à margem da cerimónia comemorativa do nono aniversário da Unidade Especial de Polícia (UEP).
Note-se que o apoio das Forças Armadas é múltiplo. A Força Aérea disponibiliza dois caças F-16 para acompanhar o avião papal no espaço aéreo nacional. Será também uma aeronave C-130 a transportar duas viaturas - incluindo o Papamóvel - de Itália para Portugal, enquanto dois helicópteros EH-101 levam o Sumo Pontífice e respetiva comitiva da base aérea de Monte Real para Fátima - além de apoiar a Autoridade Aeronáutica Nacional a implementar as zonas de exclusão aérea. O Exército, por sua vez, disponibiliza o hospital de campanha - complementando os meios do Hospital das Forças Armadas instalados na base aérea de Monte Real - e, entre outras ajudas, dá apoio aos peregrinos e às entidades presentes através das unidades locais.
O encontro de quinta-feira na sede do SSI, em que participaram também as ministras da Justiça, Francisca van Dunem, da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, e o ministro da Defesa, Azeredo Lopes, permitiu concluir que há "boas condições para receber o Papa Francisco e para que todos os que o pretendam fazer possam celebrar o centenário [das aparições] com toda a tranquilidade e com toda a segurança", observou António Costa - garantindo ainda que os operacionais têm "os meios disponíveis e necessários" para o sucesso da operação.
Dispositivo com várias fases
Precisamente ontem começaram a chegara a Fátima centenas de militares e dezenas de viaturas da GNR para montar e garantir a operação de segurança no local da peregrinação.
O porta-voz da Guarda, major Bruno Marques, informou que "a GNR montou o dispositivo de segurança às 10.00 com elementos de diversas valências da Guarda", mas sem adiantar números. "É um dispositivo que vai ter diversas fases, é uma força flexível e será adaptada de acordo com as necessidades operacionais", explicou o oficial, realçando que se trata de uma força multidisciplinar com a missão de garantir a segurança dos peregrinos e rodoviária.

www.dn.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário