NOTA


Os textos assinados por outrem ou retirados de outros blogs ou sítios não reflectem necessáriamente a opinião ou posição do editor do "desenvolturasedesacatos"

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Tolerar o que não é tolerável

ATOLERÂNCIA DE CACA, ONDE MAIS UMA VEZ EM NOME DO ELEITORALISMO, DA SUBMISSÃO À SEITA RELIGIOSA MAIS PODEROSA DO MUNDO SE CONTINUA A NÃO CUMPRIR O QUE SE APREGOA.

QUANDO SE TRATA DE UMA GREVE DE TRABALHADORES QUE TÊM O SEU POSTO DE TRABALHO EM RISCO, QUE RECEBEM SALÁRIOS MEDIEVAIS, QUE TRABALHAM NA PRECARIDADE ANDA POR AÍ MUITA GENTE DE DENTE ARRILHADO A SEMEAR IMPROPÉRIOS E A FALAR MAL DOS QUE QUEREM PÃO E LUTAM PELOS DIREITOS, OS ROUBADOS, E AINDA OS NÃO REPOSTOS, E OUTROS QUE NÃO EXISTEM MAS DEVERIAM EXISTIR NESTE PAÍS SUBMISSO E ENGANADO PELOS NEO LIBERAIS/FASCISTAS QUE OCUPAM O TRONO HÁ MAIS DE 40 ANOS.

Despedem-se trabalhadores por ajustes salariais na ordem de cêntimos e o governo, os anteriores e este, o chamado da geringonça que toma medidas em nome da poupança e do não despesismo supérfluo, e que ainda na boca do primeiro ministro que diz respeitar a laicidade do estado e ele próprio que não é crente, segue sempre os passos da dependência e da favorença à Igreja católica nas políticas em nada distintas do salazar/cerejeira e da famigerada concordata onde a igreja muito recebe e pouco ou nada paga.

Porque nos atira areia para os olhos o primeiro ministro ?

Se o estado é laico porque não pratica a laicidade

Já li aqui no facebook vozes que dizem que os ateus andam preocupados com a tolerância de ponto, afirmações que não considero com nexo, afirmações gratuítas e simplesmente saídas da boca para fora de quem desconhece as leis, a nossa Constituição e consequentemente o que deveria ser levado à risca na pratica da governação.
Há quem estupidamente também veja nos críticos a esta tolerância de ponto UM ÓDIO À FUNÇÃO PÚBLICA afirmando eu que quem pensa assim é completamente cegueta e descabido nas análises que faz.

A FUNÇÃO PÚBLICA É O QUE RESTA NÃO É ? DEPOIS DE DESTRUÍDAS AS EMPRESAS, A INDÚSTRIA, A PESCA, A CONSTRUÇÃO CIVIL, AGORA ESTAMOS VIRADOS ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE PARA A FUNÇÃO PÚBLICA QUE DÁ VOTOS.

QUEM PAGA OS MILHÕES PARA QUE O PAPA DO XARÉM POSSA ESTAR CÁ UMAS HORAS. SE FECHEM FRONTEIRAS, SE MOBILIZEM POLÍCIAS E LOGÍSTICA NADA BARATA NESTE EVENTO ?
QUEM LUCRA COM TUDO ISTO ? OS FIÉIS, OS CRENTES ?
OU A IGREJA ?

SE O ESTADO É LAICO TEM QUE AGIR EM CONFORMIDADE, O RESTO É ALDRABICE !

António Garrochinho

Sem comentários:

Enviar um comentário