NOTA


Os textos assinados por outrem ou retirados de outros blogs ou sítios não reflectem necessáriamente a opinião ou posição do editor do "desenvolturasedesacatos"

sábado, 29 de abril de 2017

RETRATO


NÃO CULTIVO, NÃO DIVULGO O ÓDIO, NÃO REPUDIO, NÃO SOU ADVERSO A OUTRAS CULTURAS, OUTRA COR DE PELE, A OUTROS MODOS DE VIDA QUE NOS POSSAM ENSINAR E CAMINHAR NO SENTIDO DE VIVERMOS EM PAZ E SERMOS FELIZES.

O QUE ME DERROTA É ESTE PESADELO DIÁRIO DE VER O MEU POVO NEGAR A SUA ORIGEM E COPIAR, PLAGIAR, O QUE NADA LHE ENSINA, O QUE NÃO LHE DIZ RESPEITO, E O PIOR, O QUE LHE FAZ MAL E AFASTA CADA VEZ MAIS DAS SUAS RAÍZES, DAS SUAS ORIGENS E DA SUA HISTÓRIA.

ESTE POVO QUE DEPOIS SE PASSEIA PELAS RUAS DAS CIDADES COLOCANDO NO ROSTO A MARCA "PRÓSPERA" DA PARVOÍCE, ENALTECENDO E DECORANDO-SE COM OS RESTOS DE OUTROS, OS EXCESSOS, O VAZIO.

O QUE ME DÓI É SERMOS PUBLICITÁRIOS AMBULANTES DAQUILO QUE NOS ESTÁ A DESTRUIR, A PISAR, A SUFOCAR-NOS, E CÁ ANDAMOS COM O SORRISO PARVO DE VENCEDORES VENCIDOS.


António Garrochinho

Sem comentários:

Enviar um comentário