NOTA


Os textos assinados por outrem ou retirados de outros blogs ou sítios não reflectem necessáriamente a opinião ou posição do editor do "desenvolturasedesacatos"

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Queda de avioneta em Tires causa quatro mortos


Tudo indica que ocorreu uma explosão no ar. Vítimas são o piloto e os três ocupantes da aeronave. Marcelo já está no local
A queda de uma aeronave em Tires provocou hoje a morte dos quatro ocupantes, disse à Lusa fonte oficial do GPIAAF - Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários.
Segundo esta fonte, a aeronave descolou do aeródromo de Tires, tendo-se despenhado cerca de dois mil metros depois da descolagem, caindo perto de uma superfície comercial.
O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, deslocou-se ao local, onde chegou pelas 13:00 para se inteirar da situação. Foi recebido pelo presidente da Câmara de Cascais, que também ali se deslocou.
Ao DN, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Lisboa (CDOS) confirmou que a aeronave caiu junto de um supermercado Lidl. A SIC adianta que o local do impacto no solo foi uma área de armazenamento do supermercado, onde o avião terá atingido um camião.
    As vítimas são o piloto e os três ocupantes da aeronave, que tinha matrícula suíça, acrescentou a mesma fonte. Todos terão nacionalidade suíça e teriam chegado na sexta-feira a Portugal, vindos de Marselha, França.
    De acordo com a página da Internet da Proteção Civil, encontram-se no local 50 bombeiros, apoiados por 18 viaturas.
    Segundo o CDOS, o alerta foi dado às 12:05. "Tudo indica que ocorreu uma explosão no ar", referiu à Lusa fonte da Autoridade Nacional de Proteção Civil, acrescentando que o incêndio que deflagrou após o impacto da aeronave já está dominado.
    A Proteção Civil está ainda a verificar se há vítimas além dos ocupantes da aeronave.

    VÍDEO

    video


    Sem comentários:

    Enviar um comentário