AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


terça-feira, 11 de abril de 2017

O ANJO DAS FACAS - UMA ESCULTURA FEITA COM 100.000 FACAS APREENDIDAS PELA POLÍCIA

Em um esforço para aumentar a conscientização sobre a crescente taxa de crimes com facas em todo o Reino Unido, o artista Alfie Bradley passou os últimos anos criando o Anjo das Facas, uma escultura de quase 8 metros de altura feita com 100.000 facas e canivetes confiscados pela polícia. O Trono de Ferro imaginado por George R.R. Martin e exibido no programa de TV da HBO, Game of Thrones, supostamente é feito de 1.000 espadas entregues por inimigos de um rei. É uma visão impressionante, mas nem sequer chega perto do Anjo das Facas criado no Centro British Ironworks, em Shropshire, Inglaterra.

01
Anjo das Facas - uma escultura feita de 100.000 facas confiscadas pela polícia 01
Nos últimos dois anos, o artista Alfie Bradley foi literalmente reunindo a escultura de 100.000 facas confiscadas por 41 delegacias de polícia em todo o Reino Unido. Clive Knowles, chefe do Centro Britânico do Ironworks, disse ao Guardian que a idéia do Anjo das Facas foi inspirada em um documentário de televisão sobre o crime com facas no Reino Unido e no desejo de aumentar a conscientização sobre o grande número de armas brancas nas ruas.

Anjo das Facas foi terminado recentemente e deverá excursionar por o Reino Unido, mas a escultura provocou controvérsias desde que foi anunciada, há mais de dois anos. Enquanto algumas famílias de vítimas de crime com arma branca apóiam o projeto, inclusive visitando a oficina e gravando mensagens nas asas da escultura, outros se opuseram fortemente a ela. Membros de um grupo do Facebook chamado "Diga não ao anjo das facas" expressaram suas opiniões on-line.

Cheryl Evans, mãe de uma menina de 18 anos que morreu em consequência de uma facada no peito, em 2004, declarou-se chocada com a idéia do centro British Ironworks.

- "Um anjo é puro, uma faca é a criação do diabo, é à morte de nossos jovens e aqueles que a usam para acabar com vidas inocentes", escreveu ela. - "Eu não vou e não posso apoiar isso. Talvez você não tenha perdido um ente querido e assim não pode ver a agonia profundamente enraizada que isto causará."

Clive Knowles disse que eles estavam esperando algumas críticas, acrescentando que o Anjo das Facas foi mesmo destinado a provocar fortes reações.

- "Quando há um projeto de arte como este, é suposto que cause choque", disse ele. - "O rosto do anjo será um de consternação, com os braços abertos como se dissesse: 'Por quê?' Queremos estimular o país a agir", disse ele.

Depois de visitar todo o Reino Unido, o Anjo das Facas poderia ser colocado em exibição na Trafalgar Square, em Londres, como uma homenagem às vítimas de crimes com armas brancas.
02
Anjo das Facas - uma escultura feita de 100.000 facas confiscadas pela polícia 02
03
Anjo das Facas - uma escultura feita de 100.000 facas confiscadas pela polícia 03
04
Anjo das Facas - uma escultura feita de 100.000 facas confiscadas pela polícia 04
05
Anjo das Facas - uma escultura feita de 100.000 facas confiscadas pela polícia 05
06
Anjo das Facas - uma escultura feita de 100.000 facas confiscadas pela polícia 06
07
Anjo das Facas - uma escultura feita de 100.000 facas confiscadas pela polícia 07
08
Anjo das Facas - uma escultura feita de 100.000 facas confiscadas pela polícia 08
09
Anjo das Facas - uma escultura feita de 100.000 facas confiscadas pela polícia 09
10
Anjo das Facas - uma escultura feita de 100.000 facas confiscadas pela polícia 10

VÍDEO
www.mdig.com.br

Sem comentários:

Enviar um comentário