NOTA

OS TEXTOS ASSINADOS POR OUTRÉM OU RETIRADOS
DE OUTROS BLOGUES OU SÍTIOS NÃO REFLECTEM NECESSÁRIAMENTE
A OPINIÃO OU POSIÇÃO DO EDITOR DO "desenvolturasedesacatos"

quarta-feira, 12 de abril de 2017

JARDINS




Certamente todos eles valem uma visita. Confira!

10) The Garden of Cosmic Speculation, Reino Unido
O Jardim da Especulação Cósmica

Situado em Dumfries, no sudoeste da Escócia, este curioso jardim chamado de “The Garden of Cosmic Speculation [O Jardim da Especulação Cósmica]” foi desenhado seguindo diversos conceitos científicos e matemáticos, como buracos negros ou fractais, composto de 40 áreas principais, jardins, pontes, acidentes geográficos, esculturas, terraços e diferentes obras arquitetônicas.

Foi criado em 1989 por Charles Jencks e se distancia do paisagismo tradicional para não agradar apenas aos olhos, mas para provocar a reflexão sobre a natureza de todas as coisas; uma das esculturas que está no jardim representa a estrutura do DNA, enquanto um pequeno monte, chamado de “O Caracol”, permite aos visitantes interagirem, enquanto jogam, com a sequência de Fibonacci.






9) Jardim Fairchild Tropical Botanic, Florida - Estados Unidos

O local é muito bem cuidado e tem como objetivo o estudo e a preservação de espécies animais e plantas tropicais. São cerca de 1.500 palmeiras e mais de 3.500 espécies de plantas, várias delas ameaçadas de extinção.

Fazer um passeio por esse jardim botânico é ideal para quem quer entender melhor sobre diversas espécies de plantas e aprender como foi a adaptação delas na Flórida, pois muitas espécies não são da região. O lugar oferece um tour guiado em um carrinho, onde o guia passa por diversas áreas do parque explicando sobre as plantas, as árvores e seu modo de vida. Também são oferecidos tours a pé, onde se pode conhecer mais a fundo as espécies lá preservadas.



8) Jardins de Versailles, França


O Palácio de Versalhes [em francês: Château de Versailles] é um castelo real localizado na cidade de Versalhes, que foi uma aldeia rural à época da sua construção, mas que atualmente é um subúrbio de Paris e simbolizava o poder da família real francesa. Essa bela estrutura arquitetônica ainda conta com seus magníficos jardins, que foram desenhados por Le Nôtre e se tornaram referências mundo afora desde o Século XVII.





7) Jardim Yuyuan, China



O Yu Yuan Garden foi criado em 1500 por um funcionário do governo, como refúgio para seus pais. Yu Yuan significa “paz e conforto” e, apesar da fama da atração, os jardins ainda são um santuário sereno.



6) Kew Gardens, em Londres


O Kew Gardens possui 132 hectares e é considerado uma visita obrigatória para quem gosta de jardins e plantas. Além da beleza natural, o Jardim Botânico Real se destaca quando o assunto é história e desenvolvimento do paisagismo e pesquisa científica da flora mundial.

O acervo de plantas é dos maiores do mundo, contando com mais de 27 mil espécies, entre elas 14 mil árvores e uma coleção de orquídeas que já celebrou 200 anos, em jardins e estufas que reproduzem vários habitats do mundo.





5) Desert Botanical Garden, Arizona - Estados Unidos


Estabelecido no mesmo local desde 1939, esse jardim agora conta com mais de 21.000 plantas, sendo que quase 1/3 são de plantas nativas da área, incluindo 139 espécies raras, ameaças dou em perigo.

Destacam-se as ricas coleções de agave e cactos, especialmente a subunidade Opuntia. As plantas de condições climáticas menos extremas são protegidas sob abrigos. Concentra-se em plantas adaptadas às condições do deserto, incluindo uma coleção australiana, uma coleção da Baja California e uma coleção sul-americana. Vários ecossistemas estão representados: um bosque de mesquite, pastagem semideserta e chaparral de planalto.




4) Jardins Butchart, Canadá


Os Jardins de Butchart são um grupo de jardins em Brentwood Bay, Colúmbia Britânica, Canadá, perto de Victoria. É uma atração turística internacionalmente conhecida que recebe centenas de milhares de visitantes por ano. Entretenimento e serviço alimentar de alta qualidade complementam os meticulosamente mantidos jardins.

O local oferece completa infra-estrutura para os visitantes poderem passar todo o dia a contemplar a beleza das flores e espécies vegetais ali existentes. São mais de 700 espécies e mais de um milhão de plantas que florescem durante todo o ano.





3) Majorelle, Marrocos


O Jardim botânico de Majorelle foi inspirado nos jardins islâmicos e está situado no centro de Marrakesh, no Marrocos. E por aqui também funciona o museu da cultura berbere. Ocupa cerca de um hectare a noroeste da almedina e alberga cerca de 3.000 espécies botânicas.

O nome deve-se ao seu fundador, o pintor francês Jacques Majorelle [1886–1962], que o criou em 1931. Comprado por Yves Saint Laurent e Pierre Bergé em 1980, atualmente pertence à Fundação Jardim Majorelle, subsidiária da Fundação Pierre Bergé – Yves Saint Laurent. A casa situada no interior está classificado como "Casas dos Ilustres" [Maison des Illustres] pelo Ministério da Cultura francês desde 2011.







2) Keukenhof Garden, Holanda


O mais famoso parque de flores da Holanda é muito bem sinalizado, de forma que é possível passar um dia todo por lá. Possui restaurantes, cafés e barraquinhas que vendem vários tipos de comida espalhados por quase toda a área. A criançada também se diverte bastante, pois no local também há uma mini-fazenda, playground, além de um moinho típico holandês onde é possível subir e admirar a paisagem dos campos de flores.






1) Suan Nong Nooch, Tailândia


O Suan Nong Nooch é um dos mais belos jardins botânicos da Ásia e possui um visual realmente incrível, oferecendo inclusive uma boa lista de atrações, como safari de elefantes e shows culturais. Está localizado próximo de Bangkok, na Tailândia.










tudorocha.blogspot.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário