AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


quarta-feira, 12 de abril de 2017

É PRECISO NÃO ESQUECER QUE NO MUNDO ULTRA CAPITALISTA E FASCISTA DO FUTEBOL TAMBÉM HÁ INTERESSES - Ataque a autocarro do Borussia Dortmund: polícia investiga pista islamita


Vários meios de comunicação alemães avançam que carta encontrada junto ao autocarro do Borussia Dortmund referia a luta da Alemanha contra o Estado Islâmico


A polícia alemã está a investigar se as três explosões de terça-feira que visavam um autocarro do Borussia Dortmund constituem um ataque islâmico, após ter encontrado uma carta no local, segundo a imprensa.
Segundo o jornal Süddeutsche Zeitung, as estações WDR e NDR e a agência DPA, os investigadores não descartam a possibilidade de os autores do ataque terem tentado deixar uma pista falsa.
A referida carta faz alusão à missão militar alemã na Síria. Segundo estes órgãos de comunicação, começa com referência a "Alá, o clemente, o misericordioso", e faz alusão ao atentado 'jihadista' registado em dezembro num mercado de natal em Berlim, e denuncia que aviões caça Tornado alemães participam no homicídio de muçulmanos no califado autodesignado Estado Islâmico (EI).
Por esse motivo, continua o escrito, desportistas e personalidades da "Alemanha e de outros países da cruzada" estão na lista de alvos do grupo Estado Islâmico até que os Tornado sejam retirados e seja encerrada a base norte-americana em Ramstein (sudoeste da Alemanha).
Oficialmente, a polícia limitou-se a informar esta manhã que a investigação continua, sem dar detalhes sobre a mesma nem sobre a eventual autoria do ataque, enquanto analisa a autenticidade da carta.
Segundo o diário "Die Welt", a Procuradoria-geral federal assumiu a investigação e o Escritório Federal de Investigação Criminal (BKA) constituiu uma unidade de crise em Berlim.
O ataque ocorreu pelas 19:15 hora local (18:15 em Lisboa), quando três engenhos explodiram à passagem do autocarro do Borussia Dortmund quando a equipa de futebol se dirigia para a partida dos quartos-de-final da Liga de Campeões frente ao Mónaco.
O único jogador ferido foi o espanhol Marc Bartra, operado esta noite num hospital de Dortmund devido a uma fratura no pulso.
Também ficou ferido um polícia que acompanhava, de moto, o autocarro.

Sem comentários:

Enviar um comentário