AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


sábado, 22 de abril de 2017

Conheça as leis mais estranhas do mundo

Embarcámos numa viagem legislativa e encontrámos algumas leis estranhas, outras curiosas e outras chocantes. Encontra alguma que fosse capaz de respeitar? Fica o desafio.


Dadeville, estado do Alabama, pouco mais de 3 mil habitantes. Esta pequena povoação americana quer proibir as calças caídas ao estilo “rapper” e também a restringir o uso de mini-saias e de calções curtos. Frank Goodman, um dos conselheiros que impulsionou esta lei, explicou ao ABC que este tipo de peças de vestuário “são desrespeitosos e dão aos nossos jovens uma impressão equivocada do que é cool. Quem vai respeitar-te se não te respeitas a ti mesmo?”
INDIO, CA - APRIL 15: Singer Rihanna in the audience during day 3 of the 2012 Coachella Valley Music & Arts Festival at the Empire Polo Field on April 15, 2012 in Indio, California. (Photo by Christopher Polk/Getty Images for Coachella)
Rihanna no festival de Coachella 
Estranha esta lei? O que não falta por esse mundo fora são leis estranhas que proíbem ou permitem todo o tipo de coisas. Mesmo em pleno século XXI existem leis para todos os gostos. É a prova de que nem todas as culturas são iguais. E seríamos nós capazes de respeitar estas leis? Ou as regras foram feitas para serem quebradas?
Continuando nos Estados Unidos, as leis sobre o consumo de álcool continuam a provocar alguma confusão desde a implementação e, mais tarde, da abolição da famosa lei seca. Por exemplo em St. Louis é proibido beber uma cerveja sentado numa rua da cidade, mas em Chicago pode-se passar a noite numa cela se se beber álcool em qualquer parte da cidade… em pé. Para contrariar as leis americanas, no vizinho Canadá, é proibido beber água nos bares de cerveja.
Largando por agora a bebida, no Oklahoma é proibido deixar o burro de estimação na banheira. Mas atenção, é só depois das 7 da manhã. Novamente em Chicago, se alguém pensar em petiscar qualquer coisa num prédio em chamas pode-se arrepender. Não só pelo risco de se queimar mas porque não é permitido comer em locais que estejam a arder.
Atravessando agora o Atlântico com destino à Europa, encontramos também algumas leis interessantes:
Em Milão, os cidadãos milaneses ou colocam um sorriso na cara ou sujeitam-se a uma coima. Nem que o sorriso seja amarelo. É que nesta cidade italiana sorrir a qualquer altura é um imperativo legal. As únicas excepções são durante funerais ou visitas hospitalares.
Em Inglaterra ninguém morre no Parlamento. É proibido. Mais estranho ainda foi terem sido os próprios deputados ingleses a votar esta lei, em 2007.
Na Dinamarca existem duas leis no mínimo curiosas. E uma delas é muito fácil de cumprir: nos restaurantes dinamarqueses não é preciso fugir para não pagar. Os clientes só são obrigados a pagar a sua refeição se, na sua opinião, se sentirem “cheios” quando acabarem de comer. No mesmo país escandinavo não é proibido fugir da prisão. Se El Chapo soubesse disto antes…
Alargando esta viagem legislativa para o Japão, lá é proibido ser gordo. Os legisladores nipónicos estabeleceram esta regra em 2009. Logo no país que é o berço do sumo.
Sumo grand champion Hakuho (top) is thrown by champion Goeido on the 12th day bout of the Summer Grand Sumo Tournament in Tokyo on May 21, 2015. Hakuho lost the match but still leads the 15-day tournament 10-2. AFP PHOTO / JIJI PRESS JAPAN OUT (Photo credit should read JIJI PRESS/AFP/Getty Images)

Terminamos do outro lado do mundo. Na Austrália, apenas um electricista qualificado pode trocar as lâmpadas. Aqui se uma luz se fundir nem se aproxime dela. Tem que chamar um profissional. E pagar.

Sem comentários:

Enviar um comentário