NOTA


Os textos assinados por outrem ou retirados de outros blogs ou sítios não reflectem necessáriamente a opinião ou posição do editor do "desenvolturasedesacatos"

terça-feira, 4 de abril de 2017

ATESTADO DE VIRGINDADE




É um certificado passado por uma parteira da época, chamada Bárbara Emília, natural de Coira, Viseu

A pedido de uma jovem que pretendia libertar-se da difamação e provar a sua virgindade, para contrair casamento.


O documento diz o seguinte: 



transferir.jpg



Eu, Bárbara Emília, parteira que soy de Coyra, atestu e curtifico que Maria dos Prazeres Jacynto Leite Capello Rêgu tem as partes fodengas talinqual comu veyo ao mundo inseto uma noida negra no alto da crica que não sendo de nacenssa é proveniente de marradas de pisa.

Por ser verdade pasei o prezente atestado de virgindade.


Bárbara Emília das Dores




portugaldeantigamente.blogs.sapo.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário