AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


domingo, 9 de abril de 2017

ÁGUEDA - Vídeo mostra homem a tentar afogar mulher



Reformado ouviu os gritos da vítima do outro lado do rio, captou as imagens do crime e apresentou queixa na GNR. 


Foram os gritos de desespero da mulher, com cerca de 70 anos, que alertaram um reformado que caminhava nas margens do rio de Águeda, em Águeda, na tarde de sexta-feira. Ao espreitar por entre a vegetação encontrou um homem a tentar afogar a companheira, que já estava totalmente submersa pela água. 


Como estava na outra margem, só conseguiu gritar e captou o momento em vídeo - o que fez com que o agressor parasse. "Estava a fazer um trilho pelas margens do rio quando ouvi pedidos de socorro e reparei que um homem tentava assassinar a mulher por afogamento. Ela era agarrada por este monstro pelo pescoço com toda a força para baixo de água", descreveu a testemunha nas redes sociais. 


O vídeo acabou por ser entregue no posto da GNR de Águeda, que ontem foi buscar a vítima à casa onde vive com o agressor - que até ao fecho desta edição ainda não tinha sido localizado. 


De acordo com as autoridades, a mulher nunca antes apresentou queixa contra o marido - nem ontem o quis fazer no posto. No entanto, como violência doméstica é um crime público, o caso será agora encaminhado para o Ministério Público. A vítima regressou a casa, acompanhada por familiares. No vídeo é possível ver a mulher em aflição, com a roupa molhada e com lama. "Se eu não estivesse naquele momento nas margens do rio, esta mulher era assassinada por este louco que não tem respeito pela vida humana", explicou o reformado.


VÍDEO

video



http://www.cmjornal.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário