terça-feira, 14 de março de 2017

CML e governo assinam acordo para construção de 14 novos centros de saúde




O programa "Lisboa, SNS mais próximo" vai contar com um investimento da câmara de 30 milhões de euros, beneficiando cerca de 305 mil utentes. Mas a construção de novos equipamentos vai chegar a todo o país.
No total, são 63 centros de saúde. O objetivo do governo é que as autarquias comparticipem parte do valor das obras para tornar o processo mais rápido. Mas nem todas estão disponíveis.
O Jornal de Notícias avança que o Porto é um dos concelhos que ainda não chegou a acordo com o ministério. O programa, que deve durar três a cinco anos, quer substituir os centros de saúde que funcionam em prédios de habitação, sem espaço para novos equipamentos e com pouca acessibilidade. Alguns sem elevadores com salas de espera pequenas e gabinetes onde não cabe um aparelho de raio X.
Só este ano vão ser investidos 34 milhões de euros, entre obras de remodelação e a construção de novas unidades. O concelho de Lisboa avança com o maior pacote. São 14 novos centros de saúde construídos de raiz. Ainda não se sabe quando vão arrancar as obras.


www.tsf.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário