AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


sexta-feira, 3 de março de 2017

Alô, alô, Juiz Carlos Alexandre

(In Blog UmJeitoManso, 03/03/2017)

Escreve o insuspeito Observador notícia que me deixa boquiaberta. Para a mim própria me convencer de que não estou a delirar, cito um excerto:Procurador suspeito de corrupção terá emprestado 10 mil euros a Carlos Alexandre Orlando Figueira, suspeito de corrupção e um dos principais arguidos da Operação Fizz, terá emprestado 10 mil euros ao juiz Carlos…
via Alô, alô, Juiz Carlos Alexandre! Ora, então, dizia V.Ex.ª, a propósito do Eng. Sócrates, que “quem cabritos vende e cabras não tem de algum lado lhe vem” Referia-se, V.S.ª, também ao facto de cerca de um ano depois vir, V.S.ª, a receber um empréstimo de um seu amigo? (E que amigo, Ex.ª… logo um Procurador suspeito de corrupção) — Um jeito manso

estatuadesal.com

Sem comentários:

Enviar um comentário