NOTA

OS TEXTOS ASSINADOS POR OUTRÉM OU RETIRADOS
DE OUTROS BLOGUES OU SÍTIOS NÃO REFLECTEM NECESSÁRIAMENTE
A OPINIÃO OU POSIÇÃO DO EDITOR DO "desenvolturasedesacatos"

sábado, 18 de março de 2017

ALGUÉM DISPAROU UM MÍSSIL DE TRÊS MILHÕES PARA ABATER UM DRONE

Já vimos soluções incomuns para derrubar esses importunos quadricópteros. A polícia holandesa utiliza águias. Um russo acertou na mosca com uma lança em plena feira medieval. Uma senhora recentemente recorreu a sua escopeta, mas um aliado do exército dos Estados Unidos disparou um míssil Patriot avaliado em mais ou menos 3 milhões de dólares contra um drone.


Gênio: alguém disparou um míssil de 9 milhões para abater um drone de mil reais
E não falamos de um veículo aéreo não tripulado do tipo militar, senão de um drone como os que você pode adquirir por mil EUROS no Mercado Livre.

- "Não teve nenhuma oportunidade contra o Patriot", ironizou o general americano David G. Perkins durante um discurso publicado no YouTube:

VÍDEO


"Quando começamos a tratar com sistemas aéreos não tripulados inimigos, o instinto nos dizia que era um problema de defesa aérea. “É um problema de defesa aérea porque estão no ar”.

E, de fato, temos um aliado muito próximo a nós cujo adversário estava usando um pequeno quadricóptero, e o derrubaram com um míssil Patriot. Por suposto, isso funcionou. Os mísseis Patriot são ótimos, e conheço às pessoas que os constroem e os vendem, e são excelentes, são um artigo de alta demanda e baixa densidade.

O problema é o seguinte. Na relação de troca cinética, o Patriot ganhou: esse quadricóptero que custava duzentos e poucos dólares não teve nenhuma oportunidade contra o Patriot. Mas na relação de troca econômica, não estou seguro. De fato, se eu fosse o inimigo pensaria: “Hei, vou no eBay comprar todos os quadricópteros que veja para gastar todos esses mísseis Patriot”."
Gênio: alguém disparou um míssil de 9 milhões para abater um drone de mil reais
Os Patriot são mísseis terra-ar de longo alcance guiados por radar. São desenhados para abater outros mísseis, pelo que não têm muitos problemas para derrubar objetivos pequenos e rápidos como os drones. Mas, como insinua o general Perkins, se começarem a disparar artilharia de milhões contra quadricópteros a conta vai ficar bem alta.


www.mdig.com.br

Sem comentários:

Enviar um comentário