AVISO

O administrador deste blogue não é responsável pelas opiniões veiculadas por terceiros, nem a sua publicação quer dizer que delas partilhe, apenas as publica como reflexo da sociedade em que se inserem, dando-lhes visibilidade, mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia de situações menos claras do ponto de vista ético.

Atenção este blog tem tradutor se quiser traduzir clique com o botão direito do rato ou procure o tradutor no fim da publicação e clique onde diz traduzir para português ou outro idioma.


quinta-feira, 16 de março de 2017

AI QUE BOM, AI QUE BOM


Ai que bom na RTP, ai que bom na SIC, ai que bom na TVI. Ufa, estamos todos mais aliviados, não foi aquele senhor holandês, relativamente mal-encarado, que ganhou a GRANDE batalha eleitoral da democracia contra o extremismo de direita e de esquerda.
Ai que bom!
As primeiras forças políticas que representam o povo holandês, tão amante das liberdades, são baluartes da defesa do mundo ocidental e democrático, como se sabe (não olvidar que o governo holandês permite a “liberdade”(???) de um cidadão sudanês sodomizar um outro cidadão lituano, visível numa montra espaçosa de chamamento turístico “á la page”).
Assim, como ia a escrever, os 4 primeiros da classificação geral eleitoralista holandesa, são TODOS partidos de direita. VVD, PVV, D66, CDA. Vá lá, vá lá, podiam ter sido mais…
Oh wat goed!
Guilherme Antunes

Sem comentários :

Enviar um comentário